Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 27 de novembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/11/2020
PMMC NOVEMBRO AZUL
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC MULTI 2020 NOV

A luta contra a buraqueira

22 NOV 2015 - 07h00

O desafio para acabar com a quantidade de buracos em ruas e avenidas de Suzano é enorme. Existe uma quantidade grande de reclamações de motoristas, pedestres e moradores das imediações, no qual os problemas existem.

As operações tapa-buracos têm surtido um efeito em “médio-prazo” para tentar solucionar a situação. Mas, para tentar acabar com os problemas é necessário investimento.

Nesta semana, Suzano conseguiu R$ 2 milhões em recursos do Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento do Estado de São Paulo (Fumefi) para recuperar a Avenida Francisco Marengo.

Na ocasião, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) assinou, ao todo, três diferentes convênios com o Fumefi, para obras de melhorias em municípios da Região Metropolitana de São Paulo, em que Suzano foi incluído.

Os convênios assinados com as cidades vão contribuir para tentar amenizar a situação de vias esburacadas.

Em Suzano será executada a requalificação viária desta via que é a principal ligação da cidade com a Rodovia Mogi-Dutra e o setor norte do município, onde ficam concentrados 35% da população local.

Para dar conta das três novas frentes de trabalho, pelo menos 200 empregos diretos e 260 indiretos serão criados.

Muitas sugestões já foram dadas na tentativa de amenizar a situação das vias. A criação de um Plano de Gestão da Manutenção Viária é um deles. Em São Paulo, por exemplo, desde 1999 tramita na Câmara um projeto de lei que cria uma espécie de Plano Diretor de manutenção das ruas e avenidas da cidade.

Atualmente engavetado, o texto proposto pelo engenheiro e vereador Domingos Dissei estabelece parâmetros para avaliar o estado de conservação do asfalto, de modo a planejar melhor os investimentos nesse setor. Com base nessas informações, a administração municipal saberia onde é preciso intervir urgentemente e onde ainda é possível aplicar métodos preventivos, como a vedação de fissuras.

A adoção de tecnologias modernas de pavimentação é outro ponto importante. As cidades não podem cuidar de suas ruas como há 50 anos. Aumentar as equipes de manutenção é um terceiro ponto importante. O esforço prossegue e as tentativas de conseguir parcerias, como realizada entre Suzano e Estado, pode ser também um ponto importante.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias