Envie seu vídeo(11) 4745-6900
terça 16 de agosto de 2022

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/08/2022
SESC AGOSTO 2022

Abertura do HC

29 JUN 2022 - 05h00

O Hospital das Clínicas em Suzano tem previsão de abrir para a população do Alto Tietê no início de 2023. A confirmação veio no fim de semana por meio do governador Rodrigo Garcia. A expectativa era de que a abertura como Pronto Socorro acontecesse já neste semestre, mas não será.
Por outro lado, o anúncio de que o HC em Suzano funcionará como um Hospital de Cirurgias, o primeiro do Estado, animou também. Até dezembro o HC vai realizar cirurgias eletivas em pacientes na fila de espera da região. 
Só para se ter uma ideia, a região hoje conta com 70 mil pessoas aguardando para realizar a cirurgia.
“Há praticamente 70 mil pessoas na região aguardando, na fila de espera, para realizar cirurgias eletivas, aquelas de baixa complexidade, como varizes, por exemplo. Sendo assim, vamos abrir o HC para realizar essas cirurgias e até dezembro vamos zerar a lista de espera. Após isso, o hospital será aberto para toda população”, explicou o governador no evento no sábado.
O Hospital das Clínicas é de extrema importância para a população do Alto Tietê e principalmente para os moradores de Suzano.
Para o Alto Tietê qualifica a região, agregando mais um hospital de referência e de pronto atendimento. Atualmente existe o Luzia de Pinho Melo em Mogi, que recebe pacientes de Arujá, Santa Isabel, Guararema e Salesópolis, principalmente.
Em Ferraz há o Regional, que também recebe pacientes de diversas cidades. 
Em Itaquá existe o Santa Marcelina, importante hospital e de tradição na região.
Porém, Suzano, não conta com algo semelhante.
E a abertura do PS do HC, além de qualificar a região, desafogaria a Saúde de Suzano.
Atualmente o município conta praticamente com os postos de saúde e com a Santa Casa. Está em construção uma UPA 24 horas. Mas no momento, sem confirmação.
Por isso, a abertura beneficiaria a população e facilitaria para a administração municipal a gestão do sistema de saúde.
Enquanto o HC não abre, segue como hospital de cirurgias e recebe pacientes da região que aguardam há pelo menos um ano para realizar procedimentos simples, como varizes. 
No evento o governador foi questionado sobre abrir o HC para atendimento e ainda realizar as cirurgias. 
“Nós lidamos com a realidade. Se não fosse esse atraso nas cirurgias o HC se transformaria em uma realidade nesse segundo semestre. Mas vendo essa lista de espera, não podemos ignorar. Depois da Covid o Governo do Estado está reformulando o sistema de Saúde, e queremos, nessa reformulação, zerar a lista”, contou.
O DS seguirá cobrando do Governo do Estado a abertura o quanto antes do HC como Pronto Socorro, pois entende a relevância do equipamento. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias