Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 27 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo

Acessibilidade em questão

05 NOV 2015 - 06h58
Garantir a acessibilidade em prédios novos ou antigos é um dos desafios de construtoras e de quem faz o planejamento. É um trabalho importante para a arquitetura.

Na edição de ontem, o DS trouxe reportagem mostrando que novos apartamentos residenciais com mais de dois andares, que serão construídos em Suzano, terão que instalar elevadores. O objetivo é permitir uma maior acessibilidade e mobilidade para os moradores e visitantes.

A proposta foi aprovada pela Câmara Municipal e segue para sanção do prefeito Paulo Tokuzumi (PSDB), que pode publicá-la ou vetá-la. Além da obrigação do elevador, o projeto de lei também prevê que deverão implantados elevadores em construções com altura de mais de 24 metros possuir dois equipamentos. As entidades suzanenses aprovam a iniciativa.

A medida pode ser importante para garantir melhor acessibilidade para deficientes físicos, idosos e crianças. O projeto recebe apoios.

O Sindicato dos Aposentados informou que hoje o idoso sente mais dificuldades em acessar alguns prédios. Pior: muitos deixam de frequentar lugares em decorrência das dificuldades de locomoção.

A reportagem do DS constatou também que vários prédios na região central de Suzano deixaram de ser alugados pela falta de acessibilidade.

Acessibilidade é um dos temas mais discutidos atualmente, além de ser considerado importante no setor da construção civil. O assunto não é aplicado apenas na arquitetura e urbanismo mas, neste campo, é cada vez mais discutido e deve ser tratado com seriedade. De modo geral, trata-se de permitir às pessoas com deficiência, definitiva ou temporária, participarem de atividades que incluem o uso de edifícios, produtos, serviços e informação.

Na arquitetura e no urbanismo, a acessibilidade tem sido uma preocupação constante nas últimas décadas. Atualmente estão em andamento obras e serviços de adequação do espaço urbano e dos edifícios às necessidades de inclusão de toda população.

Incentivar a sociabilização familiar, proteger a saúde e a integridade física promovendo o seu bem-estar são alguns dos objetivos alcançados quando se leva em consideração na questão de acessibilidade nos projetos.

Por isso, projetos que garantam maior acessibilidade devem ser considerados positivos.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias