Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 17 de janeiro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/01/2019
PMMC JANEIRO  - BRINCANDO NAS FÉRIAS 2019
MRV DEZEMBRO - 13º EM DOBRO
PMMC JANEIRO - MOGI CONTRA O MOSQUITO DA DENGUE 2ª FASE

Ações de governo

02 JAN 2019 - 23h59
O Alto Tietê vive um momento de expectativa com as duas posses de Jair Bolsonaro (PSL) na Presidência e João Doria (PSDB) no Governo do Estado.
Há demandas importantes a serem cobradas nas duas esferas de governo.
Em praticamente todas as áreas. 
Na Saúde, uma grande preocupação, em Suzano, por exemplo, é com o futuro do atendimento nos dois hospitais novos da cidade: o HC (Hospital das Clínicas), cuja principal reivindicação é para que seja de portas abertas, e também o Regional/Federal, cuja reivindicação é de ajuda federal para que a unidade seja mantida com bom atendimento.
Neste último caso, a Prefeitura de Suzano vem se dispondo na retomada da obra, de extrema importância para o atendimento aos suzanenses e também dos moradores de outras regiões.
A unidade, como o nome já diz é “federal”, e, nesse caso, precisa de recursos da União para atender de forma eficaz.
Há outros projetos federais no Alto Tietê, como os prédios do Programa Minha Casa, Minha Vida e os investimentos no Bolsa Família, que atendem milhares de pessoas carentes na região.
É preciso, acima de tudo, “olhar” para os trabalhos, projetos, propostas e ações efetivas dos dois novos administradores (federal e estadual) para que a região seja beneficiada e não prejudicada.
No caso do governador João Doria (PSDB), as expectativas são grandes. 
Os projetos a serem desenvolvidos no Alto Tietê são muitos. Os recursos do Orçamento Estadual têm de ser aplicados também no Alto Tietê, principalmente em áreas essenciais, como Saúde e Educação.
Mas, ainda existem demandas importantes, como é o caso da área de Segurança Pública, cuja promessa é melhorar o trabalho das polícias Civil e Militar, contribuir com a instalação de equipamentos de segurança e, quem sabe, garantir uma unidade do Batalhão de Ações Especiais (Baep).
O trabalho vai ser grande, mas será importante que a nova administração do governo do Estado consiga garantir recursos importantes e ações eficazes para os municípios, que também vêm assumindo e se responsabilizando por muitas ações que seriam do Estado.
O ano de 2019 começou com expectativas, de melhora na vida do brasileiro, paulista e cidadão do Alto Tietê.
É preciso ficar atentos aos anúncios e futuros projetos que devem ser anunciados e lançado neste início de ano.
Os prefeitos das cidades da região, por outro lado, vão ter missão importante de cobrar, exigir e até contribuir, por meio de parcerias, para que projetos saiam do papel iniciando um novo ciclo de desenvolvimento.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias