Envie seu vídeo(11) 4745-6900
quarta 21 de abril de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 21/04/2021

Aplicativo gratuito

04 ABR 2021 - 05h00
Em um período de isolamento social no Brasil causado pela Covid-19, especialistas afirmam que ficou clara a relação entre a quarentena e o aumento da violência doméstica. 
Algumas autoridades já previam esse quadro considerando problemas semelhantes, como o surto de Ebola em 2014. Mesmo antes da pandemia atual, a situação já era grave, com 1,23 milhão de casos de violência relatados entre 2010 e 2017 (e muitos outros não notificados).
As cidades vêm tentando fazer a sua parte na busca por projetos de proteção às mulheres contra a violência.
O DS trouxe, na edição de ontem, reportagem mostrando que a Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano aderiu ao uso do aplicativo gratuito “Está acontecendo”. 
Ele será destinado exclusivamente para as vítimas de violência doméstica que são acompanhadas pela Patrulha Maria da Penha na cidade. Com ele, as suzanenses poderão realizar denúncias de forma prática e ágil.
A Lei Maria da Penha foi criada para proteção da mulher contra a violência doméstica e familiar. 
Assim, qualquer mulher vítima de violência doméstica e familiar pode solicitar a aplicação das medidas previstas pela Lei Maria da Penha. Quanto ao agressor, ao contrário do que se pensa, ele não será apenas o marido ou companheiro. Os fatores determinantes serão o ambiente (doméstico e familiar) e que a violência esteja relacionada ao gênero da vítima (ser mulher).
Em Suzano, atualmente a patrulha realiza o monitoramento de 136 mulheres que possuem medida protetiva. Ao longo dos próximos dias, elas serão beneficiadas com a nova plataforma, assim como eventuais novas vítimas. O aplicativo consiste em quatro botões que podem ser acionados a qualquer momento e em qualquer lugar pela pessoa que está sendo alvo de violência.
Nele, existem as funções de denúncia para situações de ameaça, assédio e pedido de ajuda em geral. Também é possível enviar sua localização para que a Patrulha Maria da Penha vá imediatamente ao local para atender à emergência.
A necessidade da prática do isolamento social decorrente da pandemia do Covid-19 trouxe muitos reflexos para a vida de todas as pessoas, positivos para algumas e negativos para outras. As mulheres são um grupo que têm sentido os efeitos negativos, dado o exponencial aumento da violência doméstica e familiar.
É importante que as mulheres tenham a proteção necessária para continuar com suas vidas normais. E que a punição seja aplicada aos agressores.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias