Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 30 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/10/2020
PMMC MULTI 2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID VERDE
PMMC OUT ROSA
Pmmc Sarampo Outubro

As mortes na SP-31

27 ABR 2016 - 08h00

A Rodovia Índio-Tibiriçá (SP-31) é, sem dúvida, um importante acesso da região do Alto Tietê, principalmente de Suzano, até o litoral. Além disso, é pela SP-31 que se consegue chegar até o Grande ABC.

Por tudo isso, a rodovia é importante. É também ponto de “escoamento”, inclusive, de produtos que saem de Suzano em direção ao Porto de Santos.

O problema são os constantes acidentes ocorridos na rodovia, que já foi conhecida como a “Rodovia da Morte” pelos inúmeros casos de batidas entre carros que resultaram em vários homicídios culposos.

A falta de acostamento adequado, de um canteiro que divida as duas partes da pista, são problemas comuns apontados por quem utiliza a pista.

Nesta semana, o DS divulgou mais uma caso grave: a morte de um homem, de 39 anos, após ser atropelado domingo na rodovia, altura do número 65.

A vítima estava de bicicleta pela estrada quando uma Kombi, de cor branca, o atropelou. O acidente foi fatal. O rapaz morreu no local e o veículo não foi identificado.

Populares contaram, em informações do Boletim de Ocorrência (B.O.), que o motorista que atropelou o homem fugiu sem prestar socorro.

Policiais militares foram até o local dos fatos, assim como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Com a chegada do resgate, o corpo do homem foi encontrado em uma calçada e havia pedaços de vidro pela pista e pelo acostamento.

Segundo o B.O., nas proximidades do local do acidente há um posto de gasolina, uma loja de materiais de construção e um supermercado.

As autoridades acreditam que nesses locais possam haver câmeras de segurança. A bicicleta da vítima foi entregue aos familiares e o corpo, levado para exame necroscópico.

Nesse momento é preciso uma ampla conscientização sobre a criação de projetos para garantir maior segurança na rodovia.

O número de mortes preocupada as autoridades. Muitas sugestões já foram dadas para amenizar o problema, como, por exemplo, a implantação de um canteiro dividindo as duas pistas. Por enquanto, o projeto está apenas no papel, mas é importante que as providências sejam tomadas para que se evitem novas mortes.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias