Envie seu vídeo(11) 4745-6900
terça 16 de agosto de 2022

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 16/08/2022
SESC AGOSTO 2022

Boas práticas no setor alimentício

02 JUL 2022 - 05h00

Manter a qualidade dos produtos na indústria alimentícia representa um desafio enorme para quem atua no ramo. 
É preciso ter um controle rigoroso para evitar que agentes contaminantes atinjam os alimentos e prejudiquem toda a cadeia. 
Logo, as Boas Práticas de Fabricação (BPF) devem nortear o trabalho nesses ambientes.
Em Suzano, esse trabalho vem sendo realizado com o curso de Boas Práticas, voltado para empreendedores e trabalhadores do setor alimentício. 
O treinamento intitulado “Boas Práticas para Serviços de Alimentação no Comércio de Alimentos”, foi realizado nesta semana. 
Este é o segundo curso do gênero promovido pela Vigilância Sanitária de Suzano desde o relaxamento das restrições para evitar o aumento da contaminação pelo coronavírus (Covid-19), o primeiro treinamento ocorreu em maio passado e contou com 50 pessoas. 
Como a pandemia forçou o isolamento de trabalhadores, impactando no orçamento doméstico, parte deles resolveu iniciar um empreendimento próprio de entrega de refeição, sem a necessidade de um salão para ofertar a refeição.
E o que são as Boas Práticas de Fabricação e qual a sua importância?
Especialistas respondem afirmando que são medidas e ações implementadas em indústrias de qualquer segmento com a finalidade de atender às normas de qualidade determinadas para cada tipo de produto. 
Ao adotar as Boas Práticas busca-se cumprir as determinações previstas nas legislações vigentes e garantir a plena satisfação dos consumidores.
Em Suzano, de acordo com a vigilância, este era justamente um dos pontos a serem resolvidos: como poder orientar estes empreendedores sobre a manipulação de alimentos sem colocar em risco a saúde de quem os consome, uma vez que este público específico trabalha somente com a cozinha, o que dificulta a fiscalização.
A quantidade de representantes do setor que participaram da ação superou as expectativas nesta semana.
Ao final do treinamento, os participantes receberam um documento que comprova a participação no curso.
O trabalho, sem dúvida, é importante porque garante a qualidade no atendimento no setor alimentício.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias