Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 01 de abril de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 31/03/2020
SECRETARIA DE ESTADO DA SAUDE -  CORONAVIRUS

Campanha do Agasalho

14 MAR 2020 - 23h59
Suzano lançou nesta semana a Campanha do Agasalho 2020 com o slogan "É Hora de Aquecer Corações". 
A expectativa, segundo meta da Prefeitura, é de arrecadar 250 mil peças, superando as 230 mil arrecadadas em 2019 e a expectativa é de beneficiar entre 15 mil e 17 mil famílias. A cerimônia aconteceu no Teatro Municipal Doutor Armando de Ré.
Não há dúvida que esta é uma campanha importante para garantir atendimento às famílias carentes, sobretudo neste época do ano.
É importante que a campanha possa contar com maior número de parceiros para garantir atendimento para quem precisa.
Na reportagem que o DS publicou na semana passada, a informação é de que há mudança na campanha de 2020, em relação ao que vinha sendo feito nos anos anteriores. 
Neste ano, a Prefeitura optou por trocar materiais recicláveis por peças de roupas. Assim, as famílias terão que levar, ao menos, um quilo de papelão, ferro, alumínio, ou ainda, 50 garrafas PET, para trocar por peças. 
Em todos os invernos, a população ouve a respeito das campanhas do agasalho. São diversas instituições que assumem essa campanha, desde igrejas até os condomínios, além dos escoteiros e também das escolas, dentre outros. Todavia, ainda são relativamente poucos os agasalhos arrecadados, considerando a quantidade de indivíduos que precisam dessas doações.
É por isso que entender a importância de doar é indispensável para que as pessoas fiquem mais envolvidas. De fato, os benefícios de fazer a doação de agasalhos não são somente para aqueles que recebem: até mesmo aqueles que doam têm muito retorno.
Em Suzano, são mais de 200 pontos de arrecadação, incluindo empresas, comércios, postos e equipamentos públicos, e mais de 80 de distribuição. Todos foram escolhidos a fim de “facilitar a vida da população”. 
A campanha corre até julho. Entre as peças mais pedidas estão calças, camisetas, agasalhos e calçados. Algumas pessoas também doam bolsas e mochilas. Neste ano, a Prefeitura também vai registrar novos beneficiários.
A administração suzanense também vai divulgar relatórios periódicos sobre a arrecadação. 
O perfil das pessoas que recebem as doações de agasalhos é vasto: muitas são as que moram na rua, devendo-se lembrar que o Brasil tem tido invernos bastante severos. Por causa disso, é grande a quantidade de sem-teto que têm ficado seriamente doentes e até mesmo morrido por não estarem devidamente protegidos contra o frio.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias