Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 15 de agosto de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/08/2018
PMMC AGOSTO - ANTIRRÁBICA
MRV AGOSTO - SÁLVIA
PMMC AGOSTO - VACINAS

Ceagesp em Suzano

12 AGO 2015 - 08h00
O sonho de Suzano conseguir ter a sede do da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) se inicia hoje com a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, que vai receber projeto da cidade das mãos do prefeito Paulo Tokuzumi (PSDB). A reunião será em Brasília.

A maior central de abastecimento do País vai mesmo mudar de endereço. Deixará a Capital paulista. Hoje o entreposto está localizado na Vila Leopoldina, na Zona Oeste de São Paulo. A opção oferecida por Suzano é uma área de 2 milhões de metros quadrados na Estrada dos Fernandes, ao lado do Rodoanel Mário Covas (SP-21), que tem acesso a várias rodovias.

Esta pode ser a oportunidade de um novo modelo de logística para o Ceagesp. O que está em vigor atualmente funciona há 50 anos. Antigamente, uma carreta tinha 5 metros de comprimento. Hoje, tem 20 metros. A manobra desse caminhão é demorada. Tem operação de carga e descarga que demora seis horas.

Talvez por muitos motivos, entre eles da dificuldade de receber os produtos, pode ser uma das justificativas para Suzano ter o entreposto.

Atualmente, o Ceagesp ocupa uma área de 750 mil metros quadrados, o ideal seria um espaço que tenha o dobro ou o triplo do tamanho, como afirmam os agricultores de São Paulo.

Os números na Ceagesp são expressivos. Por dia, passam pelo local de 12 a 15 mil veículos, a maioria caminhões, e circulam 50 mil pessoas. São dois mil permissionários, 15 mil funcionários (destes, cinco mil trabalham como carregadores). Diariamente, são vendidos 12 mil toneladas de produtos (frutas, verduras, legumes, temperos, pescados e flores). As mercadorias chegam de 1,5 mil cidades. Em 2014, o entreposto movimentou R$ 8 bilhões.

A mudança para Suzano pode trazer vários benefícios, entre eles desafogar a Marginal Pinheiros na direção Marginal Tietê, importantes vias da Capital.

Nos últimos 25 anos houve um grande crescimento. Por isso os agricultores defendem novo projeto e um novo modelo de gestão para o entreposto — atual e futuro.

Suzano sai na frente oferecendo área para receber a sede do Ceagesp. A conversa, que se inicia hoje, pode ser ampliada para os próximos meses. Mas as condições oferecidas realmente são favoráveis para receber o empreendimento.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias