Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 28 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo

Cinturão Verde

05 SET 2020 - 05h00
O Alto Tietê integra o “Cinturão Verde” do Estado de São Paulo. Ele é o responsável pela qualidade de vida da metrópole de São Paulo, na medida que apresenta grandes benefícios.
Abriga os mananciais que abastecem a cidade e as cabeceiras e afluentes dos rios que cortam a área urbana; estabiliza o clima, impedindo o avanço das ilhas de calor em direção à periferia; auxilia na recuperação atmosférica filtrando o ar poluído, principalmente de substâncias particuladas; abriga grande biodiversidade de espécies; protege os solos de áreas vulneráveis, onde se produzem chuvas torrenciais, amenizando as enchentes na malha urbana; entre outros.
Todos relacionados por especialistas que defendem a preservação desse “Cinturão Verde” - que produz também produtos agrícolas.
Na edição de ontem, o DS trouxe reportagem mostrando que o setor de Agricultura no Alto Tietê vai ser preservado. A promessa foi feita pelo Estado. O secretário estadual da Agricultura e Abastecimento, Gustavo Junqueira, desmentiu, por exemplo, os boatos sobre o encerramento da Casa da Agricultura e do trabalho de apoio e capacitação oferecida aos produtores rurais. Segundo o secretário a meta é modernizar e aprimorar o atendimento oferecidos aos agricultores. 
Junqueira participou de uma reunião agendada pelo prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo. O encontro também teve a participação dos prefeitos de Biritiba Mirim, Walter Tajiri, de Salesópolis, Vanderlon Gomes, do presidente do Sindicato Rural de Mogi das Cruzes, Gildo Saito.
O Estado conta com 80 Casas da Agricultura e de acordo com o processo de modernização e reestruturação da Pasta serão mantidas 32 nas regiões administrativas do Estado. 
O objetivo é ampliar e modernizar o serviço oferecido aos produtores, retirando a parte administrativa das funções dos técnicos para que eles possam estar mais presentes no campo auxiliando os produtores. 
Importante destacar que toda esta reformulação será discutida com os produtores da região, suas entidades representativas, os técnicos e servidores da nossa secretaria e dos municípios.
É, sem dúvida, muito importante garantir o incentivo e os meios de produção da agricultura nas cidades do Alto Tietê. Afinal é um setor que tem grande importância para o desenvolvimento das cidades.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias