Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 31 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/10/2020
Pmmc Sarampo Outubro
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pms Coronavírus - Fase Verde
PMMC COVID VERDE

CNBB contra a zika

06 FEV 2016 - 07h00

O combate ao mosquito Aedes aegyti ganhou comoção nacional. Setores da sociedade decidiram se unir para tentar reverter a situação de contaminação de doenças ocasionadas pelo mosquito.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), lançou, por exemplo, uma mensagem pedindo que os católicos brasileiros intensifiquem a mobilização no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus.

De acordo com o texto, a infecção por zika merece atenção especial por sua provável ligação com o aumento de casos de microcefalia registrados no País. A entidade lembrou que a "gravidade da situação" levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar emergência em saúde pública de importância internacional.

"O estado de alerta, contudo, não deve nos levar ao pânico, como se estivéssemos diante de uma situação invencível, apesar de sua extrema gravidade", reforçou o comunicado.

O reforço e a conscientização no combate ao mosquito é, sem dúvida, uma importante iniciativa para tentar amenizar o problema.

Nesta semana, a CNBB cobrou que seja garantida, com urgência, a assistência aos atingidos por todas as enfermidades em questão, sobretudo crianças que nascem com microcefalia e suas famílias.

O compromisso do cidadão, segundo o texto, também é considerado pela CNBB como indispensável na tarefa de erradicar um mal que desafia as instituições brasileiras. O princípio de tudo, de acordo com a entidade, deve ser a educação e a corresponsabilidade.

A situação crítica no País já se espalhou para outros continentes.

Tanto que técnicos do Centro de Controle e Combate a Doenças dos Estados Unidos (CDC) chegarão ao Brasil na próxima semana para definir um cronograma para o combate ao zika vírus, informou o ministro da Saúde, Marcelo Castro, em viagem a Montevidéu, no Uruguai.

Além disso, a cooperação entre os dois países foi acertada entre a presidente Dilma Rousseff (PT) e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Houve também entendimentos entre o ministro brasileiro e a secretária de Saúde americana, Sylvia Burbell.

As ações de combate estão sendo realizadas. A luta tem de ser constante.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias