Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
domingo 19 de setembro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/09/2021

Coleta Seletiva

30 JUL 2021 - 05h00

A coleta seletiva é de extrema importância para o desenvolvimento sustentável e tornou-se uma ação importante na vida moderna devido ao aumento do consumo e consequentemente do lixo produzido, afirmam especialistas.
A informação é de que o lixo mundial deve ter um aumento de 1,3 bilhão de toneladas para 2,2 bilhões de toneladas até 2025, segundo as estimativas do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma).
A coleta seletiva é muito importante. Evita a disseminação de doenças e contribui para que os resíduos se encaminhem para os seus devidos lugares. Separar os resíduos entre plástico, metal, papel e orgânicos também contribui para acabar com poluições tóxicas que contaminam solos e águas de rios, trazendo malefícios imensuráveis ao longo do tempo.
Só para se ter uma ideia, o Brasil produz, atualmente, cerca de 228,4 mil toneladas de lixo por dia, segundo a última pesquisa de saneamento básico consolidada pelo IBGE, em 2000. 
O chamado lixo domiciliar equivale a pouco mais da metade desse volume, ou 125 mil toneladas diárias. Adotar pequenas atitudes na rotina e preparar a casa ou empresa para separar corretamente o lixo é uma das melhores maneiras para ajudar na preservação do meio ambiente.
As cidades do Alto Tietê buscam incentivar a coleta seletiva.
Recentemente, a Prefeitura de Suzano promoveu uma reunião com representantes da Organização Não Governamental (ONG) Espaço Urbano para discutir sobre o novo projeto Recicla Suzano, que pretende ampliar as medidas de fortalecimento dos trabalhos de logística reversa na cidade. A iniciativa segue em processo de construção e deverá abranger diversas pastas da administração municipal.
A ONG é conhecida por seu trabalho de promoção da coleta seletiva no Alto Tietê e mantém parceria com a empresa Tetra Pak, patrocinadora do projeto suzanense. O principal objetivo da medida é impulsionar as atividades de logística reversa na cidade, contribuindo para as práticas sustentáveis e fortalecendo as cooperativas do segmento.
Atualmente, Suzano conta com uma rede de estruturas públicas para captação e seleção de resíduos, com quatro ecopontos e uma Central de Triagem no Jardim Colorado, onde a Cooperativa de Trabalho em Reciclagem Unidos Venceremos (Univence) realiza seleção, prensa e venda dos reciclados para as empresas de logística reversa, por meio da ação “Cata-Treco Solidário”. Com isso, os objetos descartados são convertidos em renda para as famílias cooperadas e em alimentos, que são doados por meio da prefeitura para pessoas em situação de vulnerabilidade social.
A iniciativa também deverá envolver outras diversas secretarias, garantindo um trabalho socioambiental multidisciplinar.

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias