Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 25 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 25/09/2020
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Conexão à internet

08 DEZ 2015 - 07h00

O uso de computadores e da internet nas escolas públicas ainda é uma realidade que precisa ser aprimorada em todo o País. Até em São Paulo, o maior Estado, nem todas as escolas mantêm rede de computadores para os estudantes.

O cenário parece positivo, já que praticamente todas as escolas brasileiras têm um computador e 92% delas estão conectadas à internet. Os problemas aparecem quando os dados são analisados com um olhar mais meticuloso: o número de computadores em cada escola ainda é insuficiente, eles costumam ser instalados em locais inadequados ao uso pedagógico e a conexão à internet tem baixa velocidade nas escolas públicas. Além disso, falta capacitação aos professores para usar as Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs) no ensino.

No Brasil, 32.434 escolas públicas ainda não contam com qualquer tipo de conexão à internet, segundo levantamento feito pelo Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS). O número corresponde a 22% do total de escolas públicas. A maioria das escolas sem acesso à internet está na zona rural, onde apenas 13% estão conectadas à rede.

De acordo com o instituto que fez o levantamento, o acesso à rede proporciona mais igualdade para os estudantes. Entre as escolas urbanas, o acesso é maior, cerca de 80% estão conectadas. No entanto, ainda há mais de 9 mil escolas em cidades que não têm acesso à rede ou a conexão à internet é mais lenta do que deveria ser. Isso significa que 4,5 milhões de alunos no País estão em desvantagem, segundo o levantamento.

Nos últimos anos, o interesse dos professores em utilizar a internet para fins pedagógicos cresceu consideravelmente. O uso de recursos educacionais digitais torna a aprendizagem mais dinâmica e, dessa forma, atrai a atenção dos alunos. Porém, a infraestrutura e a capacitação dos professores para utilizar esses recursos ainda se mostram um desafio. Esse foi um dos resultados da pesquisa TIC Educação, de 2014, divulgada em setembro pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), por meio do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

O uso da internet é, sem dúvida, uma importante opção para melhorar as condições do ensino público em todo o Estado.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias