Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 21 de novembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 19/11/2019
Pmmc Refis 2019
PMMC MIGO
PMMC SEGURANÇA
PMMC NOVEMBRO AZUL
Pmmc maternidade

Desmatamento

10 SET 2019 - 23h59
O desmatamento é atualmente um dos maiores desafios da humanidade. A preocupação é mundial. 
Crescente em muitas regiões do planeta, a retirada da cobertura vegetal tem preocupado o mundo todo.Prejudica toda uma população.
A retirada da cobertura vegetal parcial ou total de um determinado lugar causa graves prejuízos para o planeta e também para o próprio ser humano. 
Enquanto alguns enxergam essa prática como uma ação necessária ao suprimento das necessidades, outros apontam o desmatamento como um dos maiores problemas ambientais da atualidade.
A retirada da cobertura vegetal está relacionada a diversas causas, como a urbanização, mineração e expansão do agronegócio, e seus impactos são inúmeros. 
Na edição de ontem, o DS trouxe reportagem mostrando dados da Fundação SOS Mata Atlântica. A entidade revelou que foram desmatados 129 hectares de mata atlântica na região do Alto Tietê em 12 anos. Cada hectare equivale a 10 mil metros quadrados. Ou seja, 1.290.000 metros quadrados, cerca de 107.500 metros quadrados por ano. Os dados estão presentes na plataforma 'Aqui tem mata?', presente no site da instituição. A fundação contabiliza apenas desmates acima de três hectares.
O número preocupa porque retira vegetação de áreas importantes e que garantem a melhoria da vida no planeta.
Segundo o SOS Mata Atlântica, Mogi das Cruzes aparece em primeiro lugar, com 40 hectares de mata desmatados. A área total de mata atlântica na cidade é de 15.170,40 hectares. Isso equivale a aproximadamente 20 mil campos de futebol. Os picos de desmate na cidade ocorreram em 2008, com um total de 33 hectares, e outro em 2017, com oito hectares desmatados. Em segundo lugar aparece Ferraz de Vasconcelos, com um desmate total de 34 hectares. A área total de mata atlântica na cidade é de 306,01 hectares, o que equivale a 398 campos de futebol, aproximadamente. Os picos de desmatamento ocorreram em 2008, com 14 hectares desmatados, em 2011 com nove hectares e em 2015, com 15 hectares.
Em terceiro no ranking aparece Suzano, com 18 hectares desmatados em 2013. Segundo o portal, a área total de mata na cidade é de 2.249,18 hectares, equivalente a três mil campos de futebol.
É preciso proteger o planeta. A destruição das florestas do mundo (desmatamento) afeta o mundo como um todo. Desmatamento provoca inundações, mudanças climáticas, erosão, perda de habitats dos animais e a biodiversidade em geral. Lutar contra o desmatamento deve estar nas mentes de todos os seres humanos, como se o futuro da terra dependesse disso. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias