Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
sexta 07 de maio de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 07/05/2021

Em busca da retomada

11 ABR 2021 - 05h00

Como será a recuperação econômica pós-Covid-19?
Essa pergunta tem tirado o sono de muitos prefeitos, economistas, empresários, autoridades e gestores de empresas desde o início da crise atual, desencadeada pela doença. Um questionamento muito difícil de responder. Em uma estratégia para conter a disseminação do novo coronavírus, entidades de saúde e lideranças mundiais recomendaram medidas de isolamento social.
É o que tem sido feito. As restrições aumentaram, o comércio fechou, na tentativa de evitar a aglomeração.
O problema é que muitos comerciantes reclamaram que estão “quebrando” por conta das restrições.
Na semana passada, o DS trouxe reportagem mostrando que um grupo formado por onze entidades do Alto Tietê lançou, nesta semana, o Comitê Integrador e Participativo de Enfrentamento às Consequências do Covid-19 (Cipec). De acordo com o comitê, o objetivo é possibilitar uma melhor articulação e promover ações em conjunto com as prefeituras da região, visando encontrar soluções para reduzir os impactos gerados pela pandemia. 
Atualmente, o grupo trabalha na definição dos objetivos para o comitê e na criação de um plano de trabalho, que será apresentado nos próximos dias.
Conforme o jornal apurou, a ideia é juntar todas as entidades interessadas na retomada econômica e articular de forma mais organizada com as prefeituras da região. Ao invés de cada um levar uma solicitação para as administrações públicas, vamos trazer alternativas em conjunto para auxiliar nas decisões. 
Além de propor alternativas para a retomada econômica de forma consciente, o grupo pretende promover campanhas de conscientização de segurança sanitária. 
A pouca previsibilidade sobre a evolução da pandemia e o ajuste dos gastos públicos a partir de 2021 aumenta a incerteza sobre o ritmo da retomada da economia.
No ano passado, segundo análise do Banco Central, os impactos da pandemia "determinaram o comportamento da economia ao longo dos trimestres" e foram atenuados pelos programas governamentais de sustentação do emprego e renda, que permitiram reação mais rápida de alguns segmentos, inclusive o de bens duráveis.
Na reportagem que o DS trouxe, a informação é de que o comitê buscará encontrar alternativas para manter o isolamento social para garantir a redução nos índices de contaminação, mas de uma maneira que não afete os setores. 

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias