Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 24 de fevereiro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/02/2020
PMMC SARAMPO
CENTRO MÉDICO
MAGIC CITY

Energia irregular

05 FEV 2020 - 23h59
O famoso “gato” de energia elétrica ocorre quando o furto é realizado por meio de alterações no medidor, seja o aparelho digital ou analógico. 
Há também o furto de eletricidade a partir de ligações clandestinas realizadas diretamente no sistema elétrico de potência que, devido a não utilização dos equipamentos adequados para as ligações elétricas são ainda mais perigosas.
Ambas práticas configuram um crime previsto pelo artigo 155 do código penal, com pena de multa e cadeia. 
Os efeitos decorrentes deste ilícito afetam todos os consumidores regulares que passam a ratear o valor da energia roubada. 
Na edição de ontem, o DS trouxe reportagem mostrando que agentes do Departamento de Fiscalização de Posturas realizaram uma operação para combater o uso clandestino de eletricidade a partir de fiações irregulares em postes, o que também é prejudicial a exemplo de ocorrências em postes de residências. 
A ação ocorreu na avenida Jorge Bei Maluf, no Parque Maria Helena, onde foram localizados dois pontos irregulares.
A blitz contou com a atuação de seis fiscais e de agentes da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e da Guarda Civil Municipal (GCM), da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, além de duas viaturas da 4ª Companhia de Suzano, do 32º Batalhão da Polícia Militar. 
Durante os trabalhos, foram localizados dois pontos irregulares de energia.
É importante que a fiscalização seja realizada de forma contínua. 
Essas ligações feitas diretamente na rede elétrica, e sem conhecimento da concessionária, comprometem a qualidade do fornecimento de energia. É prática perigosa e podem colocar em risco a vida das pessoas.
Entre os acidentes que podem ocorrer quando são realizadas intervenções irregulares na rede elétrica, tanto para os usuários, bem como moradores, vizinhos e demais pessoas próximas à fiação irregular, estão o choque elétrico, curto circuito e incêndios.
Além disso, a população pode sofrer com danos aos equipamentos elétricos e ainda devido à queda na qualidade da energia, provocada pela ligação clandestina.
O furto de energia é perigoso não só para quem pratica, mas também para os vizinhos, uma vez que pode causar acidentes graves e até fatais, pois os cabos da rede elétrica estão ligados. 
Em Suzano, a expectativa é que a ação continue ao longo do mês, a fim de evitar que estes e outros pontos sejam utilizados de maneira clandestina. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias