Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 19 de junho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/06/2019
PMMC JUNHO VERDE
PMMC AGASALHO
PMMC UPA JUNDIAPEBA
CENTERPLEX 13 A 19/06

Ferroanel

30 JAN 2019 - 23h59
O Ferroanel Norte de São Paulo é uma via férrea de aproximadamente 53 km de extensão, localizada fora do perímetro urbano da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) e que interligará as estações de Perus (Zona Norte da cidade de São Paulo) à Eng. Manoel Feio (Itaquaquecetuba/SP), voltada exclusivamente ao tráfego ferroviário de cargas.
Sem dúvida um projeto muito importante. A implantação dessa nova via tornará possível segregar o tráfego ferroviário de cargas em que a origem e/ou destino estejam fora dos contornos da região central da Região Metropolitana de São Paulo, do tráfego de passageiros, cuja operação conjunta é difícil e conflituosa em função das diferenças entre os requisitos técnicos e operacionais existentes entre os sistemas de passageiros e cargas.
O Ferroanel Norte poderá movimentar cerca de 67 milhões de toneladas de carga até o ano de 2040, demanda composta fundamentalmente por contêineres, produtos siderúrgicos, cimento, granéis vegetais (soja, farelo e milho), açúcar, areia (para a indústria de vidro), fertilizantes, celulose e coque. Além disso, deverá retirar cerca de 7.300 caminhões/dia das estradas no longo prazo.
A construção do Ferroanel Norte incrementará a utilização eficiente do sistema ferroviário na região, além de contribuir para a separação do tráfego entre trens de carga e de passageiros, com vantagens para ambos os sistemas.
Na noite de terça-feira, o governador João Doria e o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, assinaram protocolo de intenções entre o Governo do Estado de São Paulo e o Federal para construção do trecho Norte do Ferroanel. A viabilidade da obra se dará com investimentos do Governo Federal, cujos recursos serão da outorga de concessão ferroviária da MRS Logística.
Será uma obra ferroviária muito importante porque trará uma opção a mais principalmente para o transporte de carga.
O projeto é antigo. Já tem mais de 40 anos de debate.
A expectativa é de que, em até 45 dias, o governo federal abra consulta pública a respeito do aditivo da concessão de ferrovia federal à MRS Logística por mais 30 anos. Esse aditivo, que deve ser assinado ainda este ano, garantirá outorga à União, que destinará exclusivamente ao transporte férreo. 
O trecho Norte do Ferroanel terá 53 quilômetros, desde o bairro de Perus, na zona Norte da capital, a Itaquaquecetuba. O investimento será de R$ 3,5 bilhões. Estima-se que sejam transportadas 67 milhões de toneladas de produtos por ano, substituindo mais de 2,8 mil caminhões nas estradas. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias