Envie seu vídeo(11) 4745-6900
quinta 04 de março de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/03/2021

Frente de Trabalho

13 FEV 2021 - 05h00
O Programa Emergencial de Auxílio Desemprego Municipal, mais conhecido como Frente de Trabalho, é de extrema importância porque proporciona ocupação, qualificação profissional e renda para trabalhadores desempregados, e em situação de vulnerabilidade social residentes em Suzano.
O programa tem jornada de atividades de 40 horas semanais já incluídas aquelas destinadas à frequência no curso de qualificação profissional. A participação efetiva no Programa não representa vínculo empregatício, já que é de caráter assistencial de formação profissional.
O benefício é concedido pelo período de 6 meses, podendo ser prorrogado por igual período. 
Nesta semana, a Secretaria de Administração de Suzano, em parceria com o Instituto Catch, informou que vai colocar à disposição cursos para conclusão de ensino fundamental e médio para os integrantes do Programa Frente de Trabalho, além de capacitação profissional com certificado. As aulas começarão na semana que vem e serão ministradas na instituição seguindo todos os protocolos sanitários em relação ao novo coronavírus (Covid-19).
O programa tem sido de fundamental importância porque abre uma oportunidade importante para quem ainda não conseguiu emprego. Além de receber um salário ele pode ter a oportunidade de realizar novos cursos.
Uma das novidades, em Suzano, é que a partir da próxima segunda-feira (15), a pasta municipal entrará em contato com os participantes do programa para verificar o interesse em realizar a inscrição. Serão ofertadas cem vagas para Introdução em Informática, Elaboração de Curriculum Vitae, Introdução ao Empreendedorismo, Atendimento ao Cliente e Trabalho em Equipe. A carga dos cursos varia entre 4 e 8 horas. Além da grade de profissionalização, também serão disponibilizados cursos de conclusão do ensino fundamental e médio para todos os indivíduos que compõem o projeto e não têm escolaridade formal completa.
Portanto uma novidade importante que garante oportunidade de emprego para dezenas de pessoas sem emprego.
Os beneficiários da Frente de Trabalho desempenham serviços como varrição, limpeza, manutenção, capinação em vias e áreas públicas, entre outros. Mensalmente, o beneficiário recebe o auxílio de um salário mínimo (R$ 1.100) e vale-transporte (dependendo da distância entre o local de trabalho e sua residência), porém a participação não representa vínculo empregatício, já que o programa é de caráter assistencial para a formação profissional.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias