Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
quinta 13 de maio de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 12/05/2021
CHECK UP - PÓS COVID

Hospital Regional

29 ABR 2021 - 05h00
Suzano vai em busca de alternativas para acelerar as obras do Hospital Regional. A situação crítica da Covid-19 com o surgimento de novos casos a cada dia preocupa. A cidade conseguiu abrir novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com coronavírus. O problema é a taxa de ocupação de leitos, que, nos últimos dias, vem caindo, mas continua preocupando.
Na edição de ontem, o DS trouxe reportagem mostrando que o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL), foi a Brasília na terça-feira (27) para se reunir com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Moreira da Cruz.
O objetivo foi para pedir a aceleração das obras. A unidade de saúde seria muito importante para garantir o atendimento da população que precisa de leitos e atendimento médico especializado em outras áreas.
A reunião foi importante porque mostra a preocupação da cidade na conclusão deste hospital, que há muitos anos continua em obras. 
O chefe do Executivo suzanense solicitou liberação de recursos por parte do governo federal para acelerar a construção da unidade hospitalar. 
Só para se ter uma ideia, até o momento, já foram investidos R$ 3.423.744,80, de um total licitado de R$ 28.832.078,54. 
Quando a primeira fase for finalizada, o Hospital Regional irá dispor do serviço de pronto-socorro.
De acordo com o representante do Ministério da Saúde, com a solicitação recebida, o governo federal dará prosseguimento à liberação dos recursos, priorizando Suzano. Com isso, a expectativa é que os trabalhos sejam acelerados e a entrega do equipamento ocorra nos próximos anos. 
Com as obras em andamento, o prédio vem tomando forma. Neste momento, são executados trabalhos na superestrutura, o que significa que foi alcançada 20% de sua conclusão. Agora, a Prefeitura tem a previsão de que a construção de pilares, vigas e lajes seja finalizada ainda neste semestre e de que no fim do ano esteja em fase de término a edificação dos três blocos de estrutura. 
Um novo hospital público para Suzano, com caráter regional, seria, sem dúvida, muito importante. 
A saúde e´ um setor essencial. Não se pode esperar por atendimento. Daí o pedido de aceleração das obras pode contribuir para mostrar que a cidade está preocupada com a situação e que os serviços precisam ser concluídos o mais breve possível.
A unidade terá 8,5 mil metros quadrados de área construída e, desde 2018, já passou por análise de solo por parte da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), serviço de limpeza, topografia, implantação do canteiro de obras, terraplanagem, nivelamento do platô e o estaqueamento com 463 estacas cravadas de 16 metros de profundidade, visando dar base de sustentação. Esta última etapa, também conhecida como fundação, foi a mais complexa e demorada.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias