Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 14 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 13/12/2019
PMMC DENGUE

Índio Tibiriçá

25 NOV 2019 - 23h59
A Rodovia Índio-Tibiriçá (SP-31) é uma das principais vias públicas da cidade. Liga Suzano ao litoral e ao ABC. É importante também pelo escoamento que dá aos produtos da cidade via Porto de Santos.
Por todas essas informações, a SP-31 precisa receber obras para garantir segurança e evitar mais acidentes na rodovia.
No final de semana, o DS divulgou reportagem mostrando que as obras de recuperação pontual e sinalização na Rodovia Índio Tibiriçá (SP-31) devem ser concluídas em junho de 2020. 
Além disso, parte da rodovia será “duplicada”, conforme informou a Secretaria de Logística e Transporte do Estado de São Paulo.
Segundo a secretaria, do quilômetro 58,5 até o quilômetro 62,3, a pista será separada, como uma tipo de duplicação, em total de 4 quilômetros. “ A “duplicação” vai melhor a segurança dos motoristas e usuários, evitando conversões proibidas”.
As obras na SP-31 são uma reivindicação antiga, principalmente de motoristas. 
A via é perigosa por causa dos acidentes de trânsito. Na reportagem, o DS mostrou que as obras tiveram início em junho de 2019. Os valores são de R$ 19,08 milhões, e que serão pagos quando as obras acabarem.
Segundo o Departamento de Estradas e Rodagem (DER), a recuperação da rodovia vai contemplar toda a SP-31.
A reportagem mostrou que o DER deu início, em junho de 2019, às obras de recuperação pontual do pavimento e sinalização na SP-31, do quilômetro 33,1 (divisa com Ribeirão Pires) ao quilômetro 70,3 (em Suzano).
A Secretaria de Transporte informou, também, que a manutenção vai beneficiar as cidades do ABC Paulista, Ribeirão Pires e Suzano.
As condições gerais ruins das rodovias brasileiras reduzem a segurança de quem circula por elas e também aumentam consumo de combustível, tempo de viagem e custos de manutenção dos veículos, de lubrificantes, de pneus e de freios. Nas vias onde o pavimento é considerado péssimo o aumento chega a 91,5%. 
Quando o pavimento é considerado ótimo, não há aumento do custo operacional. Os dados são da Pesquisa CNT de Rodovias 2015.
A Índio Tibiriçá recebe todos os dias, aproximadamente, 19 mil veículos, que dirigem da região do ABC Paulista até o Alto Tietê. 
É importante que os serviços sejam mantidos para garantir cada vez mais os inúmeros veículos circulando com segurança por toda a extensão da via.
A preocupação com o número de acidentes cresce à medida em que o número de ocorrências vem provocando mortes de motoristas e pedestres.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias