Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 31 de março de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 30/03/2020
COVID
Secretaria de Estado da Saúde Campanha Coronavirus
CENTRO MÉDICO

Injeção de recursos

26 MAR 2020 - 23h59
O combate ao coronavírus requer muita orientação, a disciplina da população em atender os apelos das autoridades de Saúde e, agora, recursos, muitos recursos.
Reportagem publicada na Agência Brasil mostrou ontem que os líderes do G20 reuniram-se, por videoconferência, para discutir as ações para atenuar os impactos sociais e econômicos da pandemia do Covid-19. De acordo com comunicado conjunto, os países estão injetando mais de US$ 5 trilhões na economia global, em políticas fiscais direcionadas, medidas econômicas e esquemas de garantia.
Uma decisão importante porque, sobretudo, requer, uma união de autoridades mundiais em busca de uma solução para os casos de coronavírus, que crescem no Brasil e no mundo.
Neste momento não é possível tomar decisões isoladas. A situação é comum em todos os países e requer soluções conjuntas.
A reunião foi organizada pela Arábia Saudita, que está na presidência rotativa do grupo dos 20 países mais ricos do mundo. O presidente Jair Bolsonaro participou da videoconferência.
O grupo informou que vai continuar realizando um apoio fiscal ousado e em larga escala. 
São medidas importantes que podem ser adotadas de forma imediatas e vigorosas para apoiar as economias; proteger trabalhadores, empresas - especialmente micro, pequenas e médias empresas - e os setores mais afetados; e amparar os vulneráveis por meio de uma proteção social adequada, conforme informou o comunicado.
A reportagem da Agência Brasil mostrou também que entre outras ações, os países do G20 vão acompanhar os riscos de dívida em países de baixa renda devido à pandemia e pedir que seus ministros de Finanças e os bancos centrais trabalhem com as organizações internacionais para fornecer a assistência financeira internacional apropriada.
Os líderes do G20 lamentaram as mortes ocorridas, expressaram sua gratidão aos profissionais de saúde e comprometeram-se coletivamente no esforço de proteger vidas, empregos e a renda das pessoas; restaurar a confiança, preservar a estabilidade do mercado e retomar o crescimento; minimizar as interrupções no comércio e nas cadeias de suprimentos globais; prestar ajuda a todos os países que precisam de assistência, e coordenar medidas financeiras e de saúde pública.
Os países do G20 se comprometeram também a adotar todas as medidas de saúde necessárias, trocar informações e garantir o financiamento de combate à pandemia e proteção às pessoas.
Essa reunião, em nível mundial, pode contribuir de forma direta para a busca de solução para o combate ao coronavírus.
Ações urgentes de curto prazo devem ser tomadas para proteger os trabalhadores da saúde na linha de frente de combate e para entregar suprimentos médicos, especialmente de diagnóstico, tratamentos e vacinas. O G20 também quer fortalecer a capacitação e assistência técnica, especialmente para as comunidades em risco.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias