Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 08 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 07/08/2020
PMMC ECOTIETÊ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Mutirão da Catarata
PMMC  VACINAÇÃO - SARAMPO

Isolamento com ajuda do Estado

11 MAI 2020 - 23h59
O isolamento social, anunciado pelo governo do Estado, até o dia 31 deste mês terá de ser cumprido em todos os municípios. Será a única forma de tentar evitar a contaminação pelo coronavírus e, consequentemente, mais mortes.
Os prefeitos do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) vão ter de respeitar o decreto do governo. 
Mas sabem que não será fácil manter as pessoas nas residências. Para isso, a fiscalização deve entrar em cena.
Os municípios reconhecem essa dificuldade. Na semana passada, o DS publicou reportagem mostrando que os prefeitos das cidades da região cobram a ajuda do Governo do Estado para manter a efetividade do cumprimento da quarentena.
Sabem que a situação é difícil, sobretudo, por causa dos índices de isolamento que vêm caindo. No início, a expectativa era atingir, ao menos, 70% do isolamento. Em nenhum dia esse percentual foi alcançado.
Por este motivo, a preocupação das autoridades de saúde, tanto nos municípios como no Estado é grande.
Os prefeitos da região pedem ajuda no sentido de conseguir apoio na ampliação da rede de saúde para o atendimento dos pacientes de Covid-19 e a representatividade da região no Conselho Municipalista criado hoje para atuar no plano de retomada das atividades.
Os hospitais de campanha foram montados nas cidades, mas uma das grandes preocupações é a falta de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nessas unidades.
Diante da pressão dos setores empresariais e da dificuldade cada vez maior da população permanecer em casa, os prefeitos querem ajuda no trabalho de conscientização e, especialmente, de fiscalização do cumprimento do isolamento social. Para isso, o pedido é de apoio das Polícias Militar, Civil, Rodoviária e Ambiental.
Segundo o Condemat, as prefeituras estão empenhadas em promover o isolamento social e diminuir a curva de contaminação do coronavírus, mas falta estrutura para fiscalizar tudo. 
A direção do Consórcio também continua a pressionar a ajuda estadual para a rede de saúde. 
Até agora o plano assistencial, com a grade de hospitais públicos de referência e os respectivos números de leitos de internação e UTI por cidade, em especial nas unidades estaduais, não foi divulgado, assim como não foram destinados equipamentos, como respiradores, para a região.
O Condemat solicitou uma agenda com o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, para os próximos dias. Além de reiterar os pedidos de apoio na fiscalização a quarentena e de ampliação da rede de saúde.
É importante que o trabalho seja conjunto, com as mesmas diretrizes entre Estado e municípios para garantir, cada vez mais o trabalho eficiente de prevenção e combate ao Covid-19.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias