Envie seu vídeo(11) 4745-6900
terça 13 de abril de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/04/2021

Leitos 100% ocupados

03 MAR 2021 - 05h00
Praticamente não há mais vagas de leitos de UTI para atender pacientes com Covid-19 no Alto Tietê. 
O sistema entrou em colapso. E isso preocupa.
Um paciente que esteja muito doente e precise de uma vaga não vai conseguir, a menos que novas medidas sejam tomadas.
Mogi das Cruzes, por exemplo, foi a primeira cidade do Alto Tietê a tomar a medida de colocar a cidade na fase vermelha. Só serviços essenciais podem abrir.
Nesta semana, o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) demonstrou preocupação com toda essa situação.
Preocupados com a alta nos índices de internação em UTI pela Covid-19 em todo o Estado, os prefeitos voltaram a cobrar do Governo do Estado a ampliação de vagas nos hospitais públicos. 
E essa medida tem de ser tomada de forma urgente.
Vamos aos números. Atualmente, a região do Alto Tietê tem 276 leitos de UTI adulto ativos em 16 hospitais públicos, entre municipais e estaduais, com 72,1% de ocupação (data base 27/02/2021). Duas destas unidades estão com 100% de ocupação, o Hospital Santa Marcelina, de Itaquaquecetuba, e o Dr. Osíris Florindo Coelho, de Ferraz de Vasconcelos.
Esses dois hospitais com atendimento SUS recebem uma quantidade significativa de pacientes. E isso preocupa.
Já os leitos de enfermaria adulto na região somam 359, com taxa de ocupação de 50,7%. 
Importante destacar que o Hospital Dr. Osíris Florindo Coelho, de Ferraz de Vasconcelos, e as Santas Casas de Salesópolis e Santa Isabel estão com estes leitos 100% ocupados.
É um momento complicado. 
As medidas devem ser tomadas por parte das autoridades de saúde para garantir, ao menos, o atendimento para os casos mais graves.
Com a alta nos índices em todo o país, inclusive no Alto Tietê, o momento é muito difícil, com o surgimento de novas variantes do vírus e todas as regiões em Estado de alerta, o que reforça a necessidade imediata de novos leitos para atender os moradores.
Desde o final do ano passado, o consórcio tem oficiado os órgãos competentes para solicitar a ampliação de leitos de UTI e enfermaria, sugerindo que esta ampliação seja realizada dentro das estruturas do Hospital das Clínicas, em Suzano, e do Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti, em Mogi das Cruzes.
O momento é de união entre as cidades, por meio do Condemat, na tentativa de conseguir uma alternativa para conter o crescimento dos casos de coronavírus nas cidades.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias