Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 15 de outubro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 14/10/2019
Secom Segurança
Villa Europa

Lista de devedores

16 SET 2019 - 23h59
Em nível nacional, os percentuais de famílias endividadas e inadimplentes fecharam 2018 em queda, segundo dados divulgados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) neste ano.
As famílias com dívidas (não necessariamente em atraso) eram 59,8% em dezembro de 2018, abaixo dos 60,3% de novembro e dos 62,2% de dezembro de 2017.
Na semana passada, o DS trouxe reportagem mostrando que o número de pessoas que quitou pendências no comércio de Suzano aumentou 2,1% em agosto. O comparativo é feito com base no mês de julho. Os dados são da Associação Comercial e Empresarial de Suzano (ACE).
A capacidade de compra e a redução do endividamento vão contribuir com a economia da cidade.
O balanço do mês de julho, segundo reportagem do DS, apontava 6.255 nomes retirados da lista de inadimplentes, 133 a menos que os 6.388 que representam os registros retirados em agosto. Do primeiro ao oitavo mês de 2019, houve aumento de 8% no número de nomes que foram "limpos", passando de 5.911 em janeiro para 6.388 em agosto. 
Ao longo dos meses, a quantidade de exclusões de débitos apresentou quedas sucessivas de janeiro a abril. Esse número, no entanto, voltou a crescer, também de forma sucessiva, de maio a agosto.
Cuidar da saúde financeira da sua empresa é requisito básico para quem não quer fechar as portas. Uma gestão financeira eficaz é fundamental para que qualquer empresa sobreviva e tenha chances de ser bem sucedida.
Finanças má geridas se tornam uma bola de neve e podem fazer um negócio ir à falência. Assim, é preciso não só controlar tudo o que entra no caixa, mas também administrar todas as contas e despesas da organização. 
Especialistas afirmam que essa não é uma tarefa simples: muitos empreendedores encontram dificuldades para realizar uma gestão financeira eficiente do seu negócio, por ser algo que requer bastante planejamento e atenção.
Para efeito de comparação, em Suzano, em janeiro foram 5.911 nomes computados na lista de exclusões de débitos. Esse número caiu em fevereiro e março até chegar a 5.071 fechados em abril. Daí para frente, mais pessoas "limparam o nome" no comércio da cidade. Os números cresceram em junho e julho até chegarem aos atuais números de agosto. 
O número de inclusões de devedores no comércio de Suzano caiu 1% entre julho e agosto. No sétimo mês de 2019, o número de devedores computados foi de 8.817. Já em agosto, 8.725 nomes foram registrados na praça suzanense. 
O pagamento em dia pode elevar a economia, abrir novas perspectivas de geração de emprego, inclusive.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias