Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 19 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/10/2020
ÚNICCO POÁ
Pmmc Sarampo Outubro
SOUZA ARAUJO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC MULTI 2020

Maior flexibilização

10 OUT 2020 - 05h00
O Alto Tietê avançou e agora está na fase verde da retomada econômica. Ontem, o governador João Doria (PSDB) anunciou o avanço da Grande São Paulo e as regiões da Baixada Santista, Campinas, Piracicaba, Sorocaba e Taubaté para a fase verde do Plano São Paulo de controle da pandemia e retomada consciente de atividades econômicas não essenciais.
Após 130 dias de vigência, o Plano São Paulo também passa por nova recalibragem de indicadores, áreas de monitoramento e normas de abertura do comércio para flexibilização da quarentena.
O jornal traz reportagem na edição de hoje sobre o assunto. Só para se ter uma ideia, agora, 76% da população do estado segue para a fase verde do Plano São Paulo.
Pela primeira vez, é alcançada a penúltima fase mais branda de uma escala de cinco etapas do Plano São Paulo. A reclassificação vale de sábado (10) e até o dia 16 de novembro. Na fase verde, o rol de permissões para atendimento presencial com restrições de acesso e protocolos sanitários é ampliado para atividades culturais, convenções e eventos sociais ou de negócios.
O Plano São Paulo é a estratégia do governo do Estado de São Paulo para vencer a Covid-19, baseado na ciência e na saúde.
A requalificação de fase para mais restritiva é feita semanalmente, caso a região tenha piora nos índices. Para que haja uma promoção a uma fase com menos restrições e mais aberturas, serão necessárias duas semanas.
Cada região pode reabrir determinados setores de acordo com a fase em que se encontra. As regras são: média da taxa de ocupação de leitos de UTI exclusivas para pacientes com coronavírus, número de novas internações no mesmo período e o número de óbitos.
Ontem, o Estado anunciou que as regiões de Araçatuba, Araraquara, Bauru, Franca, Marília, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista e São José do Rio Preto prosseguem na etapa amarela. Já a região de Barretos teve piora nos índices de avanço da pandemia e regride para a fase laranja.
Todas as alterações foram avaliadas pelos Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo. O grupo de especialistas também divulgou nota técnica publicada no Diário Oficial do Estado de ontem com detalhes da recalibragem do plano.
Agora, a evolução da pandemia será considerada na comparação entre as médias móveis de novos casos e mortes dos últimos 28 dias e o período epidemiológico equivalente imediatamente anterior. Antes, as médias eram comparadas em espaços de sete dias.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias