Envie seu vídeo(11) 4745-6900
Logo de aniversário de 60 anos
quinta 13 de maio de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 12/05/2021
CHECK UP - PÓS COVID

Mais leitos

01 MAI 2021 - 05h00
A busca por mais leitos para reduzir o número de internações nas cidades da região vem se intensificando.
Na edição de ontem, o DS trouxe reportagem mostrando que o Alto Tietê passa a contar com 20 novos leitos de UTI exclusivos para o tratamento de pessoas diagnosticadas com a Covid-19. Os leitos serão abertos no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti, em Mogi das Cruzes. 
Essa é a penúltima fase de implantação dos leitos, que fazem parte do pacote de investimentos do Condemat em parceria com o Governo do Estado, que viabilizou um novo sistema de oxigênio na unidade.
De fato, os leitos são muito importantes para evitar um colapso maior na área da saúde.
É preciso intensificar os trabalhos na tentativa de reduzir o número de casos e mortes por Covid-19.
Na sequência da ampliação da capacidade hospitalar na região, em maio o hospital abrirá mais 10 leitos de UTI e 30 de enfermaria, que somados aos 30 leitos que já estão em funcionamento na unidade ontem e os 20 de hoje, totalizarão 90 leitos, sendo 40 de UTI e 50 de enfermaria.
Segundo o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), desde o início de abril os novos leitos estão sendo abertos gradativamente e, graças ao esforço coletivo e união dos municípios, houve condições de atender a população.
Segundo o Condemat, com a abertura dos novos leitos, foi ampliado a retaguarda para todos os municípios no enfrentamento à pandemia e cuidado com a população.
Além do investimento do Condemat, na ordem de R$185 mil, o município de Mogi das Cruzes também irá auxiliar, temporariamente, a unidade hospitalar no gerenciamento dos resíduos hospitalares.
A internação em UTI causada pela Covid-19 acontece quando a pessoa tem dificuldade de respirar, chamada de Síndrome Respiratória Aguda Grave, ela acontece quando o pulmão do paciente não consegue ser capaz de oxigenar o sangue e os órgãos o suficiente por conta própria.
A Covid-19 causa impactos graves nos pulmões. Por esse motivo, leitos de UTIs bem equipados e com profissionais capacitados são extremamente necessários na recuperação de pacientes com casos graves da Covid-19.
Mesmo com a queda de internações, o trabalho de enfrentamento à pandemia não será interrompido. 
O Alto Tietê passou por momentos muito difíceis entre o fim de março e o início de abril, com altos índices de internações. Por isso é importante garantir atendimento e um trabalho de combate eficaz contra o coronavírus.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias