Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 27 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Meio Ambiente

21 FEV 2016 - 08h00

A preocupação com o meio ambiente deve ser constante até para a sobrevivência da espécie. O meio ambiente proporciona viver com qualidade de vida ou não, dependendo da ação que os seres vivos exercem sobre ele. Especialistas dizem que os animais vieram dotados de um senso de responsabilidade muito grande, uma vez que só utilizam o que precisam para sobreviver, identificando o quanto podem sugar de cada lugar em que habitam.

Reconhecer e premiar as ações que visam melhorar o meio ambiente é importante.

Em São Paulo, foi lançado em 2007, o Programa Município VerdeAzul (PMVA), que tem o inovador propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental.

O principal objetivo é estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do Estado de São Paulo.

A participação de cada um dos municípios paulistas ocorre com a indicação de um interlocutor e um suplente, que serão o elo de comunicação entre o município e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente.

As ações propostas compõem as diretivas norteadoras da agenda ambiental local, abrangendo os seguintes temas estratégicos: Esgoto Tratado, Resíduos Sólidos, Biodiversidade, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Cidade Sustentável, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho Ambiental.

Na semana passada, foi divulgado o Ranking Ambiental Paulista 2015, com as cidades que mais desenvolvem atividades e projetos na área ambiental. Novo Horizonte foi a primeira colocada, com pontuação de 97,13, quase a totalidade dos 100 pontos máximos.

Das dez diretivas, que são os temas abordados pelo PMVA, Novo Horizonte alcançou a nota máxima em seis: Biodiversidade, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Cidade Sustentável, Qualidade do Ar e Estrutura Ambiental. Já nas quatro restantes: Esgoto Tratado, Resíduos Sólidos, Gestão das Águas e Conselho Ambiental, poucos décimos separaram a cidade da máxima pontuação. No ciclo anterior, em 2014, o município ficou posicionado no 26° lugar, saltando para primeira colocação em 2015.

A iniciativa é importante para garantir a permanência dos investimentos no meio ambiente e, por outro lado, para promover a conscientização.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias