Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 29 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/10/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pms Coronavírus - Fase Verde
PMMC MULTI 2020
PMMC OUT ROSA
Pmmc Sarampo Outubro

Microcefalia na região

26 FEV 2016 - 08h00

Tentar evitar que recém-nascidos nasçam com microcefalia é um dos grandes desafios das autoridades de saúde. Ao que tudo indica, essa epidemia está relacionada a um vírus emergente, o zika vírus, que está se espalhando rapidamente pelo País e pode ser o responsável por uma das piores catástrofes na área de saúde de todos os tempos.

São milhares de casos suspeitos de microcefalia em diversos estados, principalmente no Nordeste.

A microcefalia é uma má-formação incurável que causa redução do volume cerebral, com consequências graves e permanentes para o desenvolvimento do indivíduo.

É grave porque afeta fetos em formação e o comprometimento é para vida toda.

A doença já chegou à região. O DS trouxe reportagem na edição de ontem mostrando que dos cinco casos de microcefalia no Alto Tietê, quatro estão sendo investigados pela Secretaria de Estado da Saúde para saber se tem relação com o zika vírus – transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.

Do total, um já foi confirmado, em Arujá. O número é referente ao período de novembro de 2015 ao dia 15 deste mês. Devido ao surto de casos de microcefalia, especialistas têm orientado as gestantes a usar repelentes e as outras mulheres a esperarem para engravidar.

Identificado pela primeira vez no país em abril, o vírus da zika tem provocado intensa mobilização das autoridades de saúde no Brasil.

Enquanto a doença costuma evoluir de forma benigna – com sintomas como febre, coceira e dores musculares – o que mais preocupa é a associação do vírus com outras doenças.

O Ministério da Saúde já confirmou a relação do vírus da zika com a microcefalia e investiga uma possível relação com a síndrome de Guillain-Barré.

Assim como os vírus da dengue e do chikungunya, o vírus da zika também é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.

Por tudo isso, as ações de mobilização por parte das prefeituras com objetivo de combater o mosquito Aedes aegypti são importantes.

Esse trabalho vem acompanhado de uma intensa conscientização da população.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias