Envie seu vídeo(11) 4745-6900
domingo 24 de outubro de 2021

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 24/10/2021

O fim das bilheterias

07 OUT 2021 - 05h00

O DS trouxe, em reportagem esta semana, informação mostrando que as bilheterias das 12 estações que atendem o Alto Tietê, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, serão fechadas até o fim deste ano. 
Os ferroviários, no entanto, são contra e o caso pode parar na Justiça. É importante a chegada da tecnologia para desburocratizar e agilizar o serviço do passageiro no transporte público. 
O problema é que ficam perguntas, como por exemplo, a situação dos que não têm celular.
O assunto ainda vai render. Pode parar na Justiça, mas, de antemão, acredita-se que a decisão não tenha volta. As bilheterias vão mesmo serem substituídas pelo sistema eletrônico digital.
Outra questão é sobre os funcionários que, segundo o Estado, vão ser alocados em outros setores.
O anúncio foi feito nesta segunda-feira (4) pela Secretaria de Transportes Metropolitanos do Estado. A partir do ano que vem, a compra dos bilhetes será feita por meio de aplicativo de celular ou nas máquinas de autoatendimento.
De acordo com o Governo do Estado, a medida será tomada para redução de custos. A expectativa da Secretaria de Transportes Metropolitanos é de que o fechamento das bilheterias gere uma economia de R$ 100 milhões por ano. Já os funcionários das bilheterias serão realocados em outras funções.
No final de 2020, a pasta lançou o bilhete unitário digital para ser usado nas estações do Metrô de São Paulo e da CPTM. Nomeado de “TOP”, o bilhete funciona por meio de QR Code em aplicativo de celular ou pode ser impresso em máquinas de autoatendimento. O valor da passagem segue o mesmo do Bilhete Único: R$ 4,40.
Em coletiva de imprensa na tarde de segunda-feira (4), o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, disse que o Estado quer melhorar a relação entre os passageiros e o sistema de transporte.
O passageiro pode comprar diariamente pelo aplicativo até dez bilhetes que não têm prazo para expirar. Os bilhetes unitários em papel ainda não têm data para sair de circulação.
Substituição será por etapas, afirma Secretaria de Transportes Metropolitanos
A pasta informou que o plano de substituição das bilheterias tradicionais começa dia 8 de outubro com duas estações: Belém, na Linha 3-Vermelha do Metrô e Granja Julieta, na Linha 9-Esmeralda da CPTM. 
Todos os funcionários das bilheterias serão direcionados para outras atribuições dentro das estações da CPTM e do Metrô.

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias