Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 16 de dezembro de 2018

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 15/12/2018
MRV DEZEMBRO - 13º EM DOBRO

Parceria com a China

06 DEZ 2018 - 23h59
A China desponta hoje como uma das principais economias mundiais – é responsável por cerca de 15% das movimentações globais. A média de crescimento nos últimos anos é de significativos 7,5% ao ano, atraindo as atenções de todo o mundo.
O Brasil é um dos principais parceiros comerciais da China. As relações diplomáticas entre os dois países foi firmada em 1974, e cinco anos mais tarde, Brasil e China estabeleceram políticas comerciais que têm crescido com consistência desde então. No início da década de 1990, estabeleceram parceria estratégica, e em 2012, o relacionamento foi elevado para a condição de parceria estratégica global. Nesse ínterim, precisamente em 2009, o país asiático virou o maior parceiro comercial brasileiro.
Essa parceria se expande também para os municípios. Nesta semana, o DS trouxe reportagem mostrando que a Prefeitura de Suzano recebeu uma comitiva de chineses do setor privado e de políticos da província de Weifang. 
O encontro teve o objetivo de estreitar laços de relacionamento entre os municípios e de firmar possíveis parcerias na área da Educação.
A parceria é muito importante porque deve garantir para a cidade melhorias e aprimoramento de projetos no setor.
O grupo, liderado pelo vice-prefeito de Weifang, Ma Qingmin, que chegou ao Brasil e vai passar por diversas cidades do País, fez questão de retribuir a visita do prefeito suzanense à província, realizada em setembro deste ano para buscar investimentos.
Suzano tem se apresentado para o país chinês garantindo seu potencial, como o comércio, as indústrias e o setor agrícola. 
Também deu continuidade às tratativas feitas anteriormente na China e reiterou o pedido de uma parceria com a Faculdade de Alimentação de Weifang.
Suzano constata que o caminho para a evolução e para uma cidade mais forte é a Educação. Por isso foi feito um pedido de investimento nesse setor, principalmente, pela província ter uma forte atuação na capacitação de pessoas no setor da agricultura, por meio de seu Centro de Pesquisa e Inovação de Comida e Agricultura de Weifang.
A cidade chinesa também avaliou como positiva a ligação de Suzano com a cultura chinesa, por meio de sua associação, além da hospitalidade de Suzano.
Além da intensidade econômica, a China já pode ser considerada parte da cultura brasileira, apesar da enorme distância territorial, um está no Ocidente e o outro no Oriente, e um tem como idioma base o português e o outro o mandarim. Sua culinária conquistou o paladar tupiniquim, sem falar na medicina tradicional chinesa, como, por exemplo, a acupuntura, as artes marciais (Tai Chi Chuan) etc. O Ano Novo Chinês, realizado no bairro da Liberdade, em São Paulo (SP), é parte das comemorações oficiais da cidade, em uma grande festa que reúne centenas de pessoas nas ruas com arte, cultura, gastronomia e união dos povos.
Agora é torcer e aguardar para que essas parcerias venham garantir mais qualidade de vida ao município.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias