Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 29 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo
SOUZA ARAUJO
ÚNICCO POÁ

Posto desativado

03 JUN 2016 - 08h00

O BOM Vale-Transporte é o cartão concedido pelas empresas aos seus funcionários que armazena créditos para utilização. Em Suzano, o Posto do Bom, situado na Avenida João Batista Fitipaldi, foi desativado pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), sem dar justificativas. O prejuízo para Suzano será grande porque são 15 mil atendimentos por mês que deixarão de ser feitos.

O BOM-Bilhete Metropolitano é utilizado nas linhas municipais e intermunicipais de ônibus, que operam nos 39 municípios da Região Metropolitana de São Paulo. Em Suzano facilitava a vida de milhares de passageiros que utilizavam o meio de transporte.

Hoje, além de Suzano, o BOM também atende aos clientes urbanos de dez cidades da Região Metropolitana de São Paulo: Cotia, Taboão da Serra, Ferraz de Vasconcelos, Poá, Mairiporã, São Caetano do Sul, Rio Grande da Serra, Ribeirão Pires, Carapicuíba e Arujá.

Com o Cartão BOM, o cliente tem acesso, por meio de um cartão único, a toda uma grande operação, que envolve cerca de cinco mil ônibus intermunicipais em circulação diária nos 39 municípios da Região Metropolitana de São Paulo, transportando mais de 500 milhões de passageiros anualmente, nas mais de 600 linhas de ônibus.

Diariamente, são transportados cerca de cinco milhões de pessoas, sendo destes, 1,6 milhão apenas por ônibus, o que representa o 3º maior sistema de transporte do País, atrás apenas de cidades como São Paulo e Rio de Janeiro.

Em Suzano, o fechamento vai causar grande transtorno. A cidade perde um importante posto de atendimento que garantia facilidade aos passageiros.

Especialistas dizem que estamos enxugando gelo, financiando com bilhões dos cofres públicos um sistema de transporte que perde passageiros e não atende às vontades e necessidades da população por mais velocidade e menores intervalos nos pontos de ônibus e nos terminais. No período entre 2013 e 2015, os trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e do Metrô passaram a transportar um número maior de pessoas e, apesar de o governo do Estado também ter aumentado a tarifa para R$ 3,80, o buraco é menor porque o sistema metroferroviário acaba se financiando.

O problema do transporte persiste e quando se fecha postos como o BOM, a situação fica cada vez mais difícil.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias