Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 12 de dezembro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 11/12/2019

Redução na conta de luz

23 OUT 2019 - 23h59
O consumidor do Alto Tietê, finalmente, teve uma boa notícia esta semana em relação aos pagamentos de contas.
O DS trouxe reportagem mostrando que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) homologou as novas tarifas de energia elétrica a serem aplicadas para as unidades consumidoras da área de concessão da EDP São Paulo, distribuidora que atende cerca de 5 milhões de pessoas em 28 municípios do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte.
O novo cálculo afetará as contas referentes à energia elétrica consumida a partir do dia 23 de outubro, que terão uma redução média de 5,33 %. Para os clientes residenciais a tarifa terá uma redução de 6,45 %, já para os consumidores atendidos em Alta Tensão, como indústrias e grandes varejistas, a tarifa terá uma redução de 3,53 %. 
É importante que a redução ocorra até para dar um fôlego ao consumidor, acostumado a pagar contas altas, mas com muitas reclamações ocorridas por conta da falta de investimento.
Só para se ter uma ideia, sobre a redução nos valores da tarifa, a EDP trouxe um exemplo: para uma residência atendida pela EDP que até agora pagava R$ 100 na conta de energia, com a revisão homologada, passará a pagar em torno de R$ 94.
A cada quatro anos, conforme estabelece o Contrato de Concessão firmado com a Aneel, é realizado o processo de Revisão Tarifária da EDP São Paulo, oportunidade em que são avaliados os investimentos realizados pela distribuidora, a qualidade do serviço prestado, os níveis de perdas na rede, os custos com compra de energia e os encargos setoriais, dentre outros itens.
No dia 23 de julho de 2019, a agência havia divulgado um índice preliminar calculando uma redução média da ordem de 2,10% porém, como o ano tarifário compreende o período de outubro/18 até setembro/19, ainda faltava incluir na composição da revisão as informações relativas aos meses de julho, agosto e setembro de 2019, bem como a análise das contribuições da sociedade no processo de audiência pública conduzido pela Aneel. A partir da incorporação destes itens formou-se o novo valor anunciado na data de hoje.
O fornecimento de energia elétrica é essencial para as atividades do dia a dia, seja para a utilização nas residências ou nos diversos segmentos da economia, razão pela qual torna-se fundamental a revisão e aplicação das novas tarifas em intervalos regulares, de modo a garantir um serviço de qualidade e a expansão do sistema elétrico por meio de investimentos da EDP São Paulo, que trabalha incansavelmente na busca pelo aumento da eficiência.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias