Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 07 de abril de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 06/04/2020
ENQUETE DS COVID
SECRETARIA DE ESTADO DA SAUDE -  CORONAVIRUS
Pmmc Covid Abril

Reforço na prevenção

13 FEV 2020 - 23h59
Os serviços de Saúde começaram a adotar novos procedimentos para evitar os riscos de coronavírus. Apesar de nenhum caso ter sido registrado no Brasil, a precaução é importante para garantir a segurança contra os casos da doença.
Na edição de hoje, o DS traz reportagem mostrando que o Hospital Santa Maria reforçou os procedimentos.
Em todo o Estado, a Secretaria de Estado da Saúde está monitorando três casos suspeitos de coronavírus em São Paulo. Ontem, foram descartados três casos suspeitos, dois da capital e um de Barueri. Outros três casos seguem sob monitoramento: dois da capital (uma criança e um adulto) e uma criança de Porto Feliz, no interior do Estado.
Não há motivos para alardes. Apenas um trabalho importante para se prevenir contra riscos desta doença respiratória.
Até o momento, não há caso confirmado de coronavírus nem em São Paulo, nem no Brasil. Os dados oficiais são registrados pelos municípios em um sistema de notificação do Ministério da Saúde. Conforme definido pela pasta federal, os casos inseridos até o meio-dia pelos municípios são divulgados no boletim da mesma data. Já os inseridos posteriormente, são divulgados no balanço do dia seguinte.
Segundo informação da Secretaria Estadual de Saúde, os pacientes considerados suspeitos estão em isolamento domiciliar, e seus familiares estão orientados com relação às medidas necessárias para se prevenirem, como uso de máscaras, higienização das mãos e não compartilhamento de objetos de uso pessoal, bem como sobre os cuidados requeridos para os pacientes, que incluem hidratação e a permanência em casa, sem circulação por outros locais e evitando contato com familiares e amigos, por exemplo.
Segundo a Secretaria de Saúde, é fundamental procurar o serviço de saúde mais próximo se a pessoa apresentar sintomas como febre, dificuldade para respirar, tosse ou coriza, associados aos seguintes aspectos epidemiológicos: histórico de viagem em área com circulação do vírus, contato próximo caso suspeito ou confirmado laboratorialmente para coronavírus.
A investigação dos casos é realizada pelas secretarias municipais de saúde, com todo apoio técnico da pasta estadual. 
As amostras biológicas dos pacientes são colhidas pelo hospital onde foram atendidos e enviadas para análise no Instituto Adolfo Lutz.
O novo coronavírus é denominado oficialmente pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como COVID-19, sigla em inglês para “coronavírus disease 2019 (doença por coronavírus 2019, na tradução).
Mas é importante garantir e reforçar os serviços de prevenção para evitar qualquer contratempo com a possibilidade de surgimento de casos da doença.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias