Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 07 de julho de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 06/07/2020

Revitalização da Raul Brasil

27 MAI 2020 - 23h59
A Escola Estadual Raul Brasil passou por uma ampla reforma e está pronta para ser entregue aos estudantes.
Na edição de ontem, o DS trouxe reportagem mostrando que o governador João Doria e o secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares, visitaram as obras do novo prédio.
As intervenções na unidade foram concluídas no final do mês de abril e a inauguração deve ocorrer somente quando as aulas presenciais forem retomadas. Elas seguem suspensas em toda a rede estadual por conta da pandemia da Covid-19.
Segundo o governo estadual, empresas contribuíram ao lado do Estado no trabalho de reforma.
O projeto de revitalização teve como objetivo melhorar os espaços, proporcionando mais conforto e segurança a funcionários e alunos e incluiu uma ampla reconfiguração das áreas comuns, além da construção de novas áreas de estudo, convivência e administrativas.
Antigas estruturas foram demolidas e deram espaço a novas salas de aula, Centro de Ensino de Línguas (CEL), banheiros acessíveis, salas de leitura e informática e nova cantina.
Os estudantes da Raul Brasil foram vítimas, em março de 2019, de uma tragédia de grandes proporções. E até hoje tentam superar o trauma.
Dez pessoas morreram durante atentado, incluindo os dois atiradores que entraram na unidade.
Agora com a reforma da unidade, a escola também ganhou mais cores.
Além das salas de aula e dos pisos coloridos, o artista brasileiro Eduardo Kobra e sua equipe vão pintar painéis internos e os muros externos da escola. 
Os desenhos para o muro principal serão criados a partir de um concurso que reuniu alunos das 60 escolas da região de Suzano e vai selecionar os melhores trabalhos.
Todo o projeto de revitalização, iniciado em outubro de 2019, custou R$ 3,1 milhões, dos quais R$ 2,7 milhões patrocinados por empresas parceiras do Instituto Ecofuturo. Para complementar a obra e adquirir mobiliário e equipamentos, o Governo de São Paulo investiu outros R$ 400 mil.
É importante que a escola tenha, no futuro, retomado sua atividade educacional. Os estudantes merecem voltar ao ambiente escolar com toda segurança, tentando superar a tragédia ocorrida no ano passado.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias