Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 01 de abril de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 31/03/2020
SECRETARIA DE ESTADO DA SAUDE -  CORONAVIRUS

Rio Tietê

12 FEV 2020 - 23h59
O Tietê é um rio importante. Seu nome em língua tupi significa "rio verdadeiro" ou "águas verdadeiras".
Nasce em Salesópolis, em plena Serra do Mar, a 1.120 metros de altitude. Apesar desta nascente estar a apenas 22 km do litoral, o relevo acidentado da serra obriga-o a correr em sentido inverso, rumo ao interior do Estado, na direção sudeste-noroeste, indo desaguar na barragem do Jupiá, no rio Paraná, no município de Três Lagoas, estado do Mato Grosso do Sul.
O rio cruza a região metropolitana de São Paulo, em cujas margens localiza-se a Marginal Tietê, um dos principais corredores do sistema viário da maior metrópole da América Latina.
À medida em que deixa sua nascente, o Tietê sofre contaminação. E, mais recentemente, traz nova preocupação: o transbordamento por conta das cheias das chuvas.
Na edição de ontem, o DS trouxe reportagem mostrando que os impactos causados pelas chuvas, nesta semana, continuam trazendo prejuízos. 
No Miguel Badra Baixo, área próxima ao Rio Tietê, em Suzano, moradores ainda estão reparando os danos da chuva de ontem limpando as casas e as ruas.
Há uma grande preocupação dos moradores com a situação.
A Prefeitura cobra providências do Estado. Quer uma solução para evitar ou minimizar os impactos causados pelas chuvas.
A reportagem mostrou que os muros das residências estão marcados com a altura que a água chegou ontem. 
Além disso o trecho do Rio Tietê na Rua Ulísses Izaías de Almeida está transbordando, com muito lixo e alagando as ruas nas proximidades.
Além disso, alguns moradores ainda não conseguiram reparar os danos de ontem e já estão se preparando para o que pode acontecer. 
A reportagem do DS mostrou também que a Prefeitura de Suzano solicitou ao Governo Estadual o desassoreamento dos rios que cortam o município. Sendo eles: Guaió, Tietê, Jaguari e Taiaçupeba-Mirim, o que deve impactar de forma positiva, evitando situações de enchentes. 
Além disso, diversas medidas são tomadas ao longo do ano para prevenir o impacto das chuvas. Denúncias de descarte irregular devem ser feitas pelos telefones 4745-2046 e o telefone do plantão do Plano Verão é o 4745-2150.
Nesta semana, o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) confirmou fechamento de Barragem da Penha, em São Paulo, o que pode ter prejudicado as cidades da região. 
A expectativa de tentar amenizar a situação é grande. É preciso se preparar para o período de chuvas. 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias