Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 22 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/10/2020
ÚNICCO POÁ
PMMC MULTI 2020
PMMC OUT ROSA
SOUZA ARAUJO
Pmmc Sarampo Outubro

Segurança nos fóruns

09 OUT 2015 - 08h00

Ontem, o DS publicou reportagem mostrando que policiais militares (PMs) que estiverem de folga poderão, dentro da Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar (Dejem), reforçar as seguranças no entorno dos Fóruns do Alto Tietê.

Os fóruns realizam um trabalho importantíssimo dentro do Estado e precisam de muita segurança para conseguir colocar em prática sua função. São milhares de processos, interrogatórios, audiências e julgamentos realizados praticamente todos os dias.

Para que o reforço pudesse ser feito, foi assinado termo de cooperação com o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

Pelo acordo, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) disponibilizará mais 400 vagas diárias para que policiais apoiem o Poder Judiciário.

As cidades da região vão ser beneficiadas.

Só para se ter uma ideia, com a medida, os fóruns da Capital e da Grande São Paulo terão um reforço de 101 e 78 PMs, respectivamente.

A quantidade de PMs destinados à região será publicada, posteriormente, no Diário Oficial do Estado (DOE), conforme informado pela SSP. Segundo dados da pasta, a Dejem foi criada pelo governador em dezembro de 2013, e conta atualmente com 2.837 vagas para todo o Estado. Com a ampliação, haverá 3.237 vagas.

Há outras medidas já tomadas para garantir a segurança. O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por exemplo, decidiu que até os advogados têm que se submeter às regras de segurança existentes na entrada de tribunais e fóruns de todo o Brasil, como portas dectectoras de metais, raios-x e revista de bolsas e pastas.

As regras de segurança são aplicadas ao público em geral que frequenta o Judiciário, mas sempre houve resistência dos advogados a se submeterem a essas normas. O assunto gerou polêmica com a alegação de que poderia até ser discriminatório os magistrados e promotores de Justiça não serem submetidos às mesmas regras.

Mas, enquanto isso, a preocupação com a segurança nos fóruns segue com medidas sendo adotadas para o bem de quem é atendido nesses locais.

O 32º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) já possui policiais atuando dentro do Fórum de Suzano. Detentos levados a juízes são escoltados no interior da unidade pelas equipes.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias