Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 22 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 22/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Segurança reforçada

12 AGO 2020 - 23h59
A semana foi de novidades na área de segurança pública, em Suzano. O DS trouxe reportagem, na edição de ontem, mostrando que a Prefeitura apresentou novos guardas civis municipais.
Foi apresentada também Rosemary Ferreira Caxito como a nova comandante da Guarda Civil Municipal (GCM) de Suzano. A cidade ganhou 56 novos agentes da corporação e também foi anunciada a criação da Ronda Ostensiva Motorizada (Romo) e da Base de Segurança Integrada (BSI), a ser implantada no coreto da Praça João Pessoa, na região central da cidade.
Pela primeira vez na história do município a GCM será liderada por uma mulher. Rosemary Caxito disse se sentir honrada e confiante com a missão.
O novo comando recebe agora 56 agentes, conforme chamamento do último concurso público, realizado em 2018. Assim, o quadro passa de 125 para 181 guardas municipais, devidamente treinados para o patrulhamento, sendo que 12 deles já serão direcionados à Ronda Ostensiva Motorizada (Romo).
O grupamento será composto por 14 agentes e oito motocicletas, a fim de prestar auxílio às ações da GCM, Ronda Ostensiva Municipal (Romu), Patrulha Maria da Penha, Canil, Grupo Unido na Ação de Repressão às Drogas (Guard) e Central de Segurança Integrada (CSI).
Uma boa novidade é a futura Base de Segurança Integrada (BSI) será a ser implantada no coreto da Praça João Pessoa. 
O projeto segue na fase de estudos técnicos. A expectativa é de que o planejamento seja concluído ainda neste ano. 
Desde 2017 a GCM prestou auxílio a mais de 22 mil ocorrências no município. 
Um trabalho importante de auxílio de reforço na área de segurança.
A segurança pública é um tema que, de forma praticamente diária, está em pauta. A sensação de insegurança, somada ao medo, está presente na vida de grande parte da sociedade civil brasileira, principalmente nos grandes centros urbanos. Assim como o acesso à saúde, à educação e à moradia, a garantia de ir e vir com segurança é um direito fundamental previsto pela Constituição Federal de 1988, sendo dever do Estado assegurá-lo.
Desta forma, o reforço da segurança local dos moradores garante uma avanço importante para redução da criminalidade.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias