Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 05 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/08/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Sem ‘baixar a guarda’

11 JUN 2020 - 23h59
A flexibilização do comércio começa hoje, em Suzano, e na região. Mas não se pode “baixar a guarda”. O vírus continua infectando muitas pessoas e, por isso, é importante que todas as precauções sejam tomadas.
O DS trouxe reportagem, na edição de ontem, mostrando que a Região Metropolitana de São Paulo avançou para a Fase 2 – Laranja do plano estadual de retomada gradativa das atividades econômicas durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 
Segundo o governo estadual, a nova etapa contempla o retorno parcial de estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, com restrições.
Em Suzano, estarão liberados escritórios, lojas de rua, concessionárias, imobiliárias e atividades da economia criativa, como a produção audiovisual e edição de livros, jornais e revistas, além do pleno funcionamento da indústria e da construção civil.
É importante seguir as restrições para evitar aumento da contaminação de novos casos.
Para isso, porém, será necessário seguir as seguintes determinações: operar com a capacidade limitada a 20% e horário reduzido (apenas quatro horas seguidas); adotar protocolos para padrões de higiene, como uso de máscara e álcool em gel e aferição de temperatura e executar medidas que visem a proteção de idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas ou imunodeprimidas, conforme recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde.
Seguem em suspensão na cidade de Suzano as atividades em espaços públicos e o funcionamento de bares, restaurantes e similares, salões de beleza, academias, teatro, cinema e eventos que geram aglomeração. 
O decreto municipal nº 9.432/2020, que define as especificações da quarentena, será atualizado com as novas determinações até esta sexta-feira.
De acordo com os indicadores apresentados, na sub-região Grande São Paulo Leste (que contempla os municípios do Alto Tietê e Guarulhos), a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados a pacientes com Covid-19 é de 74%.
Já o índice a cada 100 mil habitantes é de 13,6. Em relação à primeira atualização, a variação é positiva. Atualmente, Suzano tem disponíveis 41 leitos com respiradores e 72 de enfermaria voltados ao tratamento de indivíduos contaminados pelo novo coronavírus, sendo que a taxa de uso é de 35%.
É evidente que os números ainda não dão total garantia de segurança de novos casos. Por isso, é importante que todas as recomendações de saúde sejam seguidas para garantir a proteção.
A Fase 2 – Laranja do Plano São Paulo (decreto estadual nº 64.994/2020) estabelece que o índice de ocupação de vagas de UTI na região fique entre 70% e 80%. 
Portanto, é importante que Suzano tenha um trabalho de reforço na fiscalização para que os cumprimentos determinados pela saúde sejam colocados em prática.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias