Envie seu vídeo(11) 97569-1373
terça 19 de fevereiro de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 18/02/2019
Pmmc Leds
Pmmc índices

Situação de rua

28 JAN 2019 - 23h59
Quem estuda o assunto afirma que um dos reflexos do intenso processo de exclusão social é a população em situação de rua que, em decorrência da ocupação do solo urbano estar baseada na lógica ‘capitalista’ de apropriação privada do espaço mediante o pagamento do valor da terra, não dispõe de renda suficiente para conseguir espaços adequados para a habitação e, sem alternativas, utiliza as ruas da cidade como moradia.
A população em situação de rua se caracteriza por ser um grupo populacional heterogêneo, composto por pessoas com diferentes realidades, mas que têm em comum a condição de pobreza absoluta, vínculos interrompidos ou fragilizados e falta de habitação convencional regular, sendo compelidas a utilizar a rua como espaço de moradia e sustento, por caráter temporário ou de forma permanente.
Na edição de domingo, o DS trouxe reportagem mostrando que a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Suzano realiza um monitoramento constante das pessoas em situação de rua que estão na cidade - principalmente na área central. 
Os técnicos da pasta buscam o perfil de cada uma destas pessoas e prestam o atendimento necessário sempre que as mesmas concordam em ser atendidas. 
A Prefeitura afirma que a pasta está atenta a esta situação que acaba sendo reflexo de vários fatores, até mesmo da situação econômica do país nos últimos anos que pode ocasionar o desemprego, e desenvolve políticas públicas para atender esta demanda.
Na Praça Cruzeiro do Sul, no Jardim Imperador, um morador em situação de rua vem comovendo a população do bairro, conforme reportagem mostrada pelo DS.
Segundo a secretaria, “é importante esclarecer que a expressão ‘morador de rua’ não é mais utilizada pelos serviços de Assistência Social”. 
A secretaria explicou que o indicado é "pessoa em situação de rua" (entende-se que o termo "morador" não é adequado porque, em teoria, ninguém quer viver na rua”. 
É importante que a cidade matenha com atendimento especializado dispondo de um serviço de acolhimento - caso a pessoa queira ser encaminhada.
Qualquer cidadão pode comunicar o Creas de Suzano quando observar alguma pessoa em situação de rua. O Creas - Centro de Referência Especializado da Assistência Social fica na rua: Dr. Deodato Wertheimer, 174, Vila Costa. Telefone: 4747-1973”.
Entre os principais fatores que podem levar as pessoas a irem morar nas ruas estão: ausência de vínculos familiares, perda de algum ente querido, desemprego, violência, perda da autoestima, alcoolismo, uso de drogas e doença mental. Mas é importante que o atendimento seja feito de forma eficaz para garantir o mínimo de dignidade a essas pessoas.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias