Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 05 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 04/08/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Telemedicina

11 ABR 2020 - 23h59
Um importante aliado para atender pacientes em meio à pandemia do coronavírus começou a funcionar em Suzano.
Desde quinta-feira, o projeto de telemedicina faz atendimento por vídeochamada, que conecta o paciente que apresenta sintomas do novo coronavírus (Covid-19) com um médico. 
Um trabalho indispensável porque mantém o atendimento para quem precisa e, ao mesmo tempo, evita o cidadão de estar em aglomerações.
Só no primeiro dia de teste, entre 8 e 19 horas, 22 suzanenses entraram em contato com a Central de Combate ao Coronavírus, que atende pelo número 0800 484 8001. O serviço agora retorna no próximo dia 13 (segunda-feira), com atendimento das 8 às 20 horas, de segunda a sexta-feira, exceto feriados.
O projeto visa oferecer ao paciente um atendimento rápido e seguro que funciona da seguinte forma: a pessoa que apresentar sintomas da Covid-19 pode ligar para a central e, neste primeiro contato, a atendente vai realizar uma triagem, com pedidos de informações como CPF e endereço. Em seguida, vai encaminhar um SMS. Quando a mensagem chegar ao celular, o usuário deverá clicar no link, que vai direcioná-lo a uma vídeochamada com um médico. E a partir daí ele terá todo o atendimento adequado.
Inicialmente, serão 20 pontos da telemedicina em Suzano. Para tanto, foi implantada uma central nas dependências do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e outra no Ambulatório de Especialidades Dr. Joracy Cruz. O horário de funcionamento do serviço é das 8 às 20 horas. O software exclusivo foi montado pela empresa de tecnologia Datalogix.
O projeto tem sido utilizado em vários municípios do País como uma medida importante de manter o atendimento ao paciente.
É muito importante porque abre um outro canal para população ter acesso ao serviço e se informar e preserva tanto o paciente quanto a equipe médica, pois sem o contato direto, o risco de infecção não existe. 
Segundo a Prefeitura, o modelo vai dar a oportunidade para muito mais gente participar do que o atendimento tradicional”, disse.
O novo serviço vai realizar ainda um acompanhamento, ou seja, os cidadãos que estiverem com os sintomas receberão mensagens no celular a cada 48 horas, a fim de que seja monitorado o quadro clínico da pessoa.
Não há dúvida de que o serviço dá certo, é importante e garante uma agilidade e boa prestação de serviço médico em meio à pandemia de coronavírus.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias