Envie seu vídeo(11) 4745-6900
segunda 24 de janeiro de 2022

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/01/2022

Testes de Covid

13 JAN 2022 - 05h00

O DS trouxe reportagem, nesta semana, mostrando que as farmácias registram aumento na procura por testes de Covid-19.
Há uma preocupação com a falta de estoque nas drogarias por conta da procura.
Nesta semana também, o Governo do Estado anunciou a aquisição de 2 milhões de testes rápidos de antígenos para Covid-19, que serão disponibilizados até fevereiro aos municípios do Estado. 
A medida visa ampliar as políticas de testagens e o monitoramento de casos de coronavírus.
Uma medida importante que pode contribuir, de forma direta, para detecção de casos de Covid nas cidades do Estado.
Só para se ter uma ideia, São Paulo liberou R$ 12 milhões para a aquisição de mais 2 milhões de testes rápidos que estarão disponíveis na rede até fevereiro. 
Os testes funcionam como uma bússola para diagnóstico rápido e ação efetiva para controle da doença.
Os testes têm grau de efetividade de 98% e o resultado sai em 15 minutos.
Segundo o Estado, com investimentos de R$ 12 milhões pela Secretaria da Saúde, os testes serão distribuídos para os 645 municípios de acordo com pactuação com o Conselho de Secretários Municipais de Saúde de São Paulo (Cosems).
Os municípios do Alto Tietê estão incluídos na lista.
A pasta estadual, diante das novas regras de isolamento social definidas na segunda-feira (10) pelo Governo Federal, encaminhou ofício para o Ministério da Saúde solicitando o envio de mais 2,5 milhões de testes extras para a distribuição às prefeituras.
Desde novembro, a Secretaria da Saúde distribuiu 2,5 milhões de testes. São Paulo é o estado que mais testa no Brasil. 
Dados preliminares até o final de dezembro apontam que São Paulo já realizou cerca de 22,4 milhões de testes no decorrer de toda a pandemia.
Testar é, sem dúvida, um guia para o controle da pandemia, esse é mais um dos investimentos realizados pelo Governo de São Paulo para conter o avanço da pandemia.
Há uma preocupação também com as internações e o avanço de casos de Covid-19.
A região está em alerta no sentido de alertar a população a seguir com as regras sanitárias de proteção.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias