Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quinta 03 de dezembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 02/12/2020
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades 02 - Dezembro
Sec de Governo - Educação Kit de Atividades - Dezembro

Vacina contra dengue

26 JUN 2016 - 08h00

A luta contra a dengue vem se intensificando com ações de saúde em todo o Estado. Os números, apesar de apresentarem queda, ainda preocupam.

Na semana passada, tiveram início testes em humanos da primeira vacina brasileira contra a dengue, desenvolvida pelo Instituto Butantan, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e um dos maiores centros de pesquisa biomédica do mundo. Um passo importante para tentar “erradicar” a doença que preocupa a todos.

A descoberta de uma vacina será um evento histórico. Até hoje, não existe no mundo uma vacina com grau de proteção elevado contra os quatro tipos de vírus da dengue.

Serão 17 mil pessoas voluntárias que receberão a imunização no Brasil inteiro em 14 centros de pesquisas. Ao todo, 12 mil receberão a vacina e cinco mil o placebo. Ninguém sabe quem receberá a vacina ou o placebo e assim se vai avaliando. Esse trabalho começa agora e vai até o começo do ano que vem", disse o governador.

Cerca de 1,2 mil pessoas devem participar do estudo, que integra a terceira e última etapa antes da aprovação da vacina para produção em larga escala pelo Butantan e disponibilização para campanhas de imunização em massa na rede pública de saúde em todo o Brasil.

Em Rio Preto, cidade do interior de São Paulo, os ensaios clínicos serão conduzidos pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp) com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde do município.

Os moradores da cidade estão sendo convidados a participar do estudo por agentes comunitários ligados à Famerp, especialmente treinados, que visitam residências de regiões previamente definidas com base em critérios como o perfil epidemiológico das áreas. A vacinação e o acompanhamento dos voluntários pela Famerp estão sendo realizados em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) da cidade.

A Famerp é o segundo dos 14 centros de estudo credenciados pelo Butantan a iniciar os estudos da terceira e última fase de testes da vacina da dengue, que envolverão 17 mil pessoas em 13 cidades nas cinco regiões do Brasil.

O primeiro foi o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, na Capital paulista. Na próxima semana, dois novos centros também darão início aos trabalhos em Manaus (AM) e Boa Vista (RO).

A vacina pode ser um marco para uma conquista na luta contra a dengue.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias