Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 10 de agosto de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 08/08/2020
PMMC ALEITAMENTO MATERNO
PMMC  VACINAÇÃO - SARAMPO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC ECOTIETÊ
Pmmc Mutirão da Catarata

Vacinação contra a gripe

15 MAI 2020 - 23h59
O mundo tenta encontrar uma vacina e um remédio para vencer a Covid-19. A preocupação com o número de mortes e infectados com o coronavírus é grande.
Mas, enquanto isto não acontece as cidades da região, também do Estado e de todo o País se preparam para terceira fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe.
Em Suzano, a partir da próxima segunda-feira (18/05), educadores e pessoas com idade entre 55 e 59 anos poderão se imunizar contra a gripe nas 23 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e de Saúde da Família (USFs) de Suzano. A data marca o início da segunda parte da última fase da campanha nacional de vacinação, que terminará em 5 de junho. Além destes, todos os demais grupos prioritários das etapas anteriores poderão receber a dose, se ainda não o fizeram.
Até o momento, de acordo com a Vigilância Epidemiológica de Suzano, 56.823 pessoas se imunizaram na cidade neste ano, o que representa 67,62% do público-alvo estimado (84.036). A vacinação de idosos (140,76%) e de profissionais da Saúde (98,58%) já ultrapassou a meta de cobertura (90%). Na segunda-feira (11/05) começou a imunização de crianças maiores de seis meses e menores de seis anos, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência.
A campanha contra três tipos do vírus Influenza (H1N1, H3N2 e B), causador da gripe, também continua para doentes crônicos, caminhoneiros, trabalhadores de transporte público, portuários, indígenas, agentes das forças de segurança e de salvamento, adolescentes sob medidas socioeducativas, presos e funcionários do sistema prisional.
Em nível nacional, segundo o Ministério da Saúde, a campanha se encerrará, neste domingo (17), a primeira de suas duas etapas tem como público-alvo, pessoas com deficiência, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e mães no pós-parto até 45 dias.
No caso das mães que se encontram no período pós-parto, o ministério informa ser necessária a apresentação de um documento que comprove o puerpério (certidão de nascimento, cartão da gestante, documento do hospital onde ocorreu o parto, entre outros).
A segunda etapa da terceira fase vai de 18 de maio até 5 de junho. Nela serão incluídos professores de escolas públicas e privadas e adultos de 55 a 59 anos de idade. A exemplo das demais fases, a meta do governo é vacinar pelo menos 90% de cada um desses grupos. Na terceira fase, a meta é imunizar 36,1 milhões de pessoas do grupo prioritário.
A campanha é muito importante. É preciso que todas as pessoas - de acordo com o grupo disponível para receber a vacina - atenda a solicitação do Ministério.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias