Envie seu vídeo(11) 4745-6900
terça 28 de junho de 2022

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 28/06/2022

‘Vizinhança Solidária’

23 JUN 2022 - 05h00

O comércio do Alto Tietê busca novas formas de se proteger contra a falta de segurança.
A onda de crimes contra lojas, arrombamentos, furtos e assaltos preocupa lojistas.
Nesta semana, o DS trouxe reportagem mostrando que o programa ‘Vizinhança Solidária Comercial’ foi lançado e pretende reduzir em até 70% as ocorrências criminais em lojas de varejo nas cidades da região.
Uma iniciativa, sem dúvida, muito interessante que busca garantir uma sensação de segurança maior para quem tem lojas.
O jornal mostrou que o projeto foi anunciado pelo Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) e tem a parceria da Polícia Militar (PM) e, posteriormente, das Guardas Civis Municipais (GCMs), além da Polícia Civil.
A expectativa é reunir 1,5 mil comerciantes em todo o Alto Tietê. 
Eles vão se unir, por meio de WhatsApp e Telegram, para denunciar roubos, furtos e outros crimes em lojas. 
O ‘piloto’ do projeto teve início em Mogi das Cruzes com 55 comerciantes. Eles estão na lista de WhatsApp e podem optar por ter também uma placa para ser colocada em suas lojas com os dizeres “PVS Programa Vizinhança Solidária - Área Vigiada pela Comunidade”. 
A expectativa é inibir as ações de criminosos.
O jornal apurou que cada município será dividido por regiões. Cada uma deve receber um grupo de comerciantes que vai se comunicar entre si.
A expectativa de reunir 1,5 mil comerciantes é porque o Alto Tietê conta com 15 mil no total, todos varejistas. 
A segurança na área comercial sempre foi uma reivindicação antiga da categoria. Os horários de fechamento das lojas também chegou a ser pauta de discussão.
Neste momento será importante também ter o apoio das prefeituras, uma vez que o programa contará com a participação das GCMs. 
O custo para o comércio é de apenas a confecção da placa informando que aquela determinada loja faz parte do programa “Vizinhança Solidária”.
Atualmente, a maioria das ocorrências é de furtos, assaltos e, sobretudo, arrombamentos de lojas durante a madrugada.
Há uma expectativa grande de reduzir essas ocorrências. 
Policiais militares vão estar no grupo de WhatsApp para atender as ocorrências de forma mas rápida. Os comerciantes que desejarem participar terão de entrar em contato pelo telefone 4799-7788, ramal 38 no Departamento de Convênio do Sincomércio.
Para garantir o sucesso do projeto vai ser importante a união do setor. 

 

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias