Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 22 de julho de 2019

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/07/2019
PMMC FÉRIAS
Centerplex Rei Leão
PMMC AGASALHO
PMMC INVERNO
PMMC ORQUIDEAS

Após medalha de prata no Parapan, atleta de Suzano mira Jogos Rio-2016

22 AGO 2015 - 08h00

Após conquistar a medalha de prata na disputa dos Jogos Parapan-Americanos, em Toronto, no Canadá, na semana passada, a atleta de Suzano Nathalie Filomena, que é ponteira passadora da seleção brasileira feminina de voleibol sentado, revela que mira ainda mais alto em sua carreira. "Minha próxima meta são os Jogos Paralímpicos Rio-2016. Queremos ficar entre as três melhores equipes do mundo. Não será fácil, mas até lá teremos muito trabalho", afirma a atleta.

A seleção brasileira feminina de voleibol sentado fez ótima campanha no Parapan de Toronto, chegando à decisão contra os Estados Unidos, onde o Brasil saiu derrotado e acabou ficando com a medalha de prata.

"A final foi um jogo muito emocionante e difícil, pois as americanas se mostraram superiores a nós. Não é a toa que são as atuais vice-campeãs paralímpicas, mas lutamos até o fim. Fizemos um jogo duro e fizemos elas suarem bastante para conseguir a vitória", afirma.

Nathalie conta que sua primeira experiência em um Parapan foi muito proveitosa. "Aprendi muito nessa competição. Vou continuar lutando, conquistando novas vitórias e agradecendo pelas derrotas que me fazem reavaliar situações", completa.

O Brasil fez a sua melhor campanha de toda a história dos Jogos Parapan-Americanos na edição de Toronto neste ano, alcançando 257 medalhas, sendo 109 de ouro, 74 de prata e 74 de bronze. O País foi soberano no quadro da competição e teve mais do que o dobro de campeões que a delegação canadense, que terminou com 50 ouros e a segunda posição geral do evento, disputado sem seus domínios.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias