Envie seu vídeo(11) 97569-1373
segunda 28 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ
PMMC COVID SAÚDE

Clássico entre Corinthians e Santos tem apelo de decisão do Brasileirão

20 SET 2015 - 08h00

Corinthians e Santos fazem um jogo com cara de decisão hoje, às 11 horas, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após a derrota para o Internacional, na última quarta-feira, os jogadores corintianos sabem que não podem ficar mais uma rodada sem pontuar. Do lado santista, o discurso é de que o clássico tem de ser encarado como uma "final" se o time quiser continuar brigando por uma vaga no G4.

Como só a vitória interessa para as duas equipes, a partida promete ser aberta. O Santos já avisou que, mesmo jogando fora de casa, não vai abrir mão do seu jogo ofensivo, enquanto que o Corinthians, no embalo da sua torcida, tentará pressionar o adversário desde o início.

Além da necessidade de não perder a boa vantagem que tem na liderança - a distância para o Atlético Mineiro, o segundo colocado, é de cinco pontos (54 a 49) -, uma vitória acabaria com um incômodo jejum do Corinthians. O time vem sofrendo nos últimos clássicos e acumula oito jogos sem vitória contra os seus rivais no Estado.

O Santos, inclusive, é o adversário mais indigesto. Em quatro jogos na temporada contra a equipe da Baixada Santista, o Corinthians perdeu três, empatou um e foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Brasil. "Temos de esquecer os outros resultados contra eles e buscar uma vitória. Eles têm qualidade, mas vamos focar no nosso trabalho", disse o zagueiro Gil.

O técnico santista Dorival Júnior também prefere deixar de lado o retrospecto do confronto. "Não acrescenta nada. O último jogo foi há quase um mês (dia 26 de agosto). Não tem qualquer ligação", afirmou.

O Santos está em ascensão desde a chegada de Dorival Júnior. Em 17 partidas, foram 12 vitórias, três empates e duas derrotas. O time chega motivado ao clássico após grande vitória sobre o Atlético Mineiro, na última quarta-feira. A goleada por 4 a 0 na Vila Belmiro apagou a derrota na rodada anterior para a Ponte Preta e renovou o fôlego da equipe na disputa pelo G4.

A escalação, inclusive, será a mesma com o trio de ataque formado por Gabriel, Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel sendo abastecido por Lucas Lima.

CANSAÇO

Pelo segundo domingo seguido, Corinthians e Santos jogarão às 11 horas. A previsão deste fim de semana, no entanto, é de temperaturas mais elevadas, superiores a 30º C para o horário da partida. O calor, inclusive, preocupa os jogadores. "Independentemente do sol, vamos ter de competir da mesma forma", disse Elias.

Os ingressos estão esgotados, mas não haverá quebra de recorde de público no Itaquerão. Por orientação da PM, o isolamento à torcida do Santos será maior e foram vendidos menos ingressos.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias