Envie seu vídeo(11) 97569-1373
quarta 21 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 20/10/2020
Pmmc Sarampo Outubro
PMMC OUT ROSA
SOUZA ARAUJO
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
ÚNICCO POÁ

Com cerca de 60 mil no Morumbi, Rogério Ceni se despede do futebol hoje

11 DEZ 2015 - 07h00

Os são-paulinos se despedem hoje do goleiro Rogério Ceni em um ambiente ideal para a ocasião. O Morumbi vai estar lotado, com cerca de 60 mil torcedores em noite de festa para ver em campo os principais ídolos do clube nos últimos 25 anos.

A partida final da carreira de Ceni, às 21 horas, reúne os jogadores participantes dos três títulos mundiais do clube do Morumbi. O goleiro vai defender o time de 2005 diante da equipe formada pelos jogadores de 1992 e 1993, quando ele integrava o elenco ainda como reserva.

O reencontro dessas duas eras vitoriosas do São Paulo vai colocar em campo ídolos como Zetti, Cafu, Juninho, Müller e Toninho Cerezo de um lado. Entre os adversários, estão confirmados Lugano, Mineiro, Amoroso e Aloísio. As principais baixas da equipe de 2005 são Danilo, que por jogar no Corinthians preferiu não participar, além de Cicinho, que não foi liberado pelo seu clube, o Sivasspor, da Turquia.

Cada time será comandado por uma dupla de treinadores. Para a geração do começo da década de 1990, estarão no banco de reservas o filho de Telê Santana, Renê, acompanhado pelo então auxiliar da época, Muricy Ramalho. A formação de 2005 terá no comando Paulo Autuori e Milton Cruz.

A programação para o jogo de despedida também vai ter shows musicais e atividades nos camarotes do Morumbi. Um novo setor foi montado com cadeiras no gramado para acomodar 131 torcedores, número em referência aos gols marcados por Ceni na carreira. Cada são-paulino pagou R$ 1.780 para ter direito ao assento e acesso ao camarote, com bebida e comida liberadas.

Nos bares do estádio a venda de cervejas está liberada e os copos virão com uma homenagem ao goleiro, para que sejam guardados como recordação. Ceni tem mais compromissos com o São Paulo no sábado e no domingo. Nesses dias, o goleiro vai jogar com torcedores. Depois, estará de férias e oficialmente aposentado.

O goleiro atuou pela última vez no dia 28 de outubro, contra o Santos, pela Copa do Brasil, quando rompeu o ligamento tíbio-fibular do pé direito.

ALMOÇO PARA OS FUNCIONÁRIOS Após 25 anos indo diariamente ao CT da Barra Funda, Rogério Ceni se despediu do local nesta quinta-feira, com o festa. Um dia antes da partida amistosa na qual será homenageado pelo clube, no Morumbi, o goleiro ofereceu um almoço para os funcionários do centro de treinamento tricolor.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias