Envie seu vídeo(11) 97569-1373
domingo 27 de setembro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 27/09/2020
PMMC COVID SAÚDE
Pmmc Sarampo
ÚNICCO POÁ
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO

Com Tite receoso e clamando por apoio da torcida, Corinthians defende favoritismo

16 ABR 2016 - 08h00

O Corinthians terminou a primeira fase do Campeonato Paulista com 13 pontos de vantagem sobre o Red Bull Brasil, mas isso parece ser um mero detalhe para o técnico Tite na tarde de hoje.

O comandante corintiano admite muita preocupação para a partida que será realizada às 16h20, no Itaquerão, pelas quartas de final da competição estadual.

De fato, o time de Campinas não é bobo. Na primeira fase, venceu Palmeiras (2 a 1) e Santos (2 a 0) e empatou com o São Paulo (1 a 1). Para completar, conta com Roger, artilheiro do Estadual com 11 gols.

"O Red Bull tem seu goleador, está invicto contra os grandes e tem um ataque positivo fora de casa. Tem feito gol invariavelmente e tem sete vitórias. É um jogo com o emocional muito grande, por isso faço uma observação para a torcida. Não ache que será uma situação normal, uma vitória natural. Precisaremos de apoio", pediu o treinador.

Tite, inclusive, cobrou que o regulamento do Paulistão fosse revisto e que os times que fizessem melhor campanha na primeira fase tivessem mais vantagem no mata-mata. "Deem a vantagem do empate. São 90 minutos e a margem de erro diminui bastante", justificou.

A partida seria disputada no domingo, às 16 horas, mas foi antecipada para sábado a pedido da Polícia Militar por causa das manifestações políticas que deverão ocorrer no domingo em vários lugares da cidade.

Em relação ao time titular, Cássio, Giovanni Augusto, Lucca e André voltam, após descanso diante do Novo Horizontino, na rodada da final da primeira fase do Paulistão, assim como Felipe, que cumpriu suspensão na rodada passada. Danilo, com uma lesão na panturrilha, está fora do confronto.

No Red Bull Brasil, o lateral-esquerdo Willian Rocha está suspenso. Breno Lopes deve entrar em seu lugar. No ataque, o experiente Edmilson perdeu espaço para Igor Sartori. O artilheiro Roger está confirmado na partida, assim como Thiago Galhardo, próximo de acerto com o Santos.

Apesar da provável formação titular, o técnico Maurício Barbieri sabe das dificuldades que encontrará no Itaquerão e por isso guardou a sete chaves a escalação da equipe.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias