Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sexta 23 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 23/10/2020
Pmmc Sarampo Outubro
PMMC MULTI 2020
PMMC OUT ROSA
SOUZA ARAUJO
ÚNICCO POÁ

Corinthians busca vitória em Campinas para ficar mais perto do título brasileiro

04 OUT 2015 - 08h00

Nem o experiente técnico Tite consegue esconder a ansiedade. Assim como a torcida, as contas para o Corinthians conquistar o hexa do Campeonato Brasileiro não saem da cabeça dele. Restando 10 rodadas para o fim do Nacional, o treinador prevê que se a equipe somar mais 14 pontos, no máximo 21, a taça está garantida.

Hoje, às 16 horas, contra a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 29.ª rodada, o treinador projeta três pontos. O líder chegaria a 63 e teria uma tranquilidade ainda maior para trabalhar nos próximos 11 dias que ficará sem jogar por causa da paralisação do campeonato devido às Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

Na cabeça de Tite, com 70% de aproveitamento (o equivalente a 81 pontos), é impossível o Corinthians perder o título. Mas o próprio treinador admite que talvez nem seja preciso manter 70% de aproveitamento. Com 66% (74 pontos) já seriam suficientes.

Com a taça tão perto, seu desafio é fazer com que os jogadores não percam o foco. "Vivo uma expectativa pessoal muito grande, tal qual o torcedor. A cada jogo que passa gera uma expectativa. O que tem de fazer? Foco no trabalho e na preparação para administrar a ansiedade de forma natural", disse.

Para o jogo deste domingo, por exemplo, o pedido de Tite para os jogadores é para que eles joguem como se estivessem no estádio Itaquerão. "Em momentos de pressão, é preciso fazer aquilo que você costuma fazer normalmente. Se agir com naturalidade, a bola não vai queimar no pé. Temos de fazer fora o que fazemos na nossa casa".

Essa, inclusive, tem sido uma das marcas da boa campanha do Corinthians neste Brasileirão. Com apenas três derrotas como visitante, é o time que menos vezes perdeu fora de casa. Neste domingo, o bom retrospecto da equipe será colocado à prova diante de um adversário que está em ascensão. A Ponte Preta vive bom momento e venceu seus últimos quatro jogos. A arrancada fez a equipe se distanciar da zona do rebaixamento e passar a sonhar até com uma vaga no G4.

"A Ponte emprega um ritmo de jogo muito forte e costuma definir as partidas no primeiro tempo. Foi assim contra o Santos, por exemplo (vitória por 3 a 1). O time deles retomou a confiança", alertou Tite.

Com Uendel e Guilherme Arana ainda machucados, o zagueiro Yago será improvisado mais uma vez na lateral esquerda. Será a terceira partida consecutiva do garoto como titular em uma posição na qual ele não está acostumado a jogar.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias