Envie seu vídeo(11) 97569-1373
sábado 31 de outubro de 2020

Assine o Jornal impresso + Digital por menos de R$ 28 por mês, no plano anual.

Ler JornalAssine
Jornal Diário de Suzano - 31/10/2020
Pmmc Sarampo Outubro
Pms Coronavírus - Fase Verde
CENTRO MÉDICO CLUBE DS - TOPO
PMMC COVID VERDE

Corinthians derrota Fluminense por 2 a 0 e continua líder

03 SET 2015 - 03h29

Não faltaram motivos para a torcida do Corinthians comemorar a vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense ontem no Estádio Itaquerão, em São Paulo, pela 22 ª rodada do Campeonato Brasileiro. Tudo começou logo aos quatro minutos de jogo, quando a Fiel descobriu um novo candidato a craque. No seu segundo jogo oficial - o primeiro como titular -, o garoto Marciel, de 20 anos, já fez um golaço. Depois, no intervalo, veio a notícia de que o vice-líder Atlético Mineiro havia sido derrota pelo Atlético Paranaense. E, para finalizar, a confirmação de que o time disparou na ponta.

Entusiasmada com o bom futebol apresentado pela equipe, a torcida cantou forte "eu sou Corinthians de coração, sou do time que vai ser o campeão" e "dá-lhe Coringão, seremos campeões mais uma vez". Com o triunfo, a equipe chegou aos 49 pontos, sete a mais do que o Atlético. Isso significa que pode "queimar" duas rodadas até o fim do campeonato que, mesmo assim, ainda terá um ponto de vantagem na liderança.

O cenário às vésperas do clássico contra o Palmeiras não poderia ser melhor. O Corinthians está invicto há 14 rodadas. Mesmo com cinco desfalques, a equipe manteve o bom padrão de jogo dos últimos jogos. O técnico Tite, que já não contava com Uendel, Felipe, Bruno Henrique e Elias, teve mais uma baixa. Com uma virose, o meia Renato Augusto foi vetado horas antes da partida.

Coincidentemente no dia em que o clube estreou seu novo terceiro uniforme, laranja, em homenagem ao "terrão", antigo campo de barro das categorias de base, foram os garotos que conduziram a equipe a mais uma vitória. Marciel foi o grande destaque principalmente pelo golaço. Outro garoto que foi muito bem foi o lateral Guilherme Arana.

O Corinthians foi dono do primeiro tempo. Na segunda etapa, o Fluminense equilibrou o jogo. Mesmo assim, o Corinthians continuou melhor. E aos 10 minutos a equipe ainda foi beneficiada pela arbitragem, que errou ao marcar impedimento inexistente no gol de Cícero.

Sem precisar fazer muita força, trocando passes com extrema facilidade, o Corinthians chegou ao segundo gol aos 25. Jadson cobrou falta pela direita e Ralf subiu livre para cabecear no canto.

Leia Também

Últimas Notícias

Ver Últimas Notícias